Google+ Followers

11 janeiro 2013

AQUÁRIO - LIBERDADE VERDADEIRA




Por Karen Berg
http://www.kabbalahcentre.com.br/
9 de janeiro de 2013



O mês de Aquário é conhecido por ser um mês de Luz, liberdade e capacidade de se conectar com o “cenário completo”. Kabalisticamente, sabemos que todos nós somos influenciados pela energia de cada mês, mesmo que não tenhamos nascido naquele mês.

Isso significa que, mesmo que sejamos, por exemplo, de Câncer, Gêmeos ou Peixes, ainda assim seremos influenciados pela energia do mês de Aquário: primeiro, porque esta é a energia que se encontra disponível para nós neste momento e segundo, porque cada um de nós possui dentro de si um pouco de cada um dos doze signos do zodíaco.

Talvez a qualidade mais aparente dos aquarianos seja o amor que possuem pela liberdade e como detestam ser pressionados.

O aquariano é o tipo de pessoa que pode dizer: “Sou quem sou, e se você não gosta... vai ser difícil!”

Ao mesmo tempo, porém, a natureza do aquariano é ser filantrópico, preocupar-se com o mundo, fazer parte de causas humanitárias. A razão para isso é que a mente do aquariano enxerga o plano geral, o cenário completo.

Por outro lado, relacionamentos familiares e interpessoais podem ser um problema para os aquarianos.

Não me interpretem mal, os aquarianos amam o mundo e acreditam nos conceitos de amor fraterno e entendimento entre os homens; eles só têm dificuldade em amar uma pessoa só, porque sua mentalidade e visão são tão amplas e capazes, que eles se recusam a serem restringidos.

Então, o que essa informação significa para nós este mês?

Como podemos usar esta energia de liberdade e de visão do cenário completo para nos elevarmos ao próximo nível?

Bem, basicamente, o desafio este mês será praticar o escutar e estar presentes para aqueles que estejam ao nosso redor.

Isso pode parecer contraintuitivo para a vastidão das ideias do aquariano, mas em longo prazo, estar atento aos outros pode ser a chave para ajudar-nos a traduzir todos os nossos pensamentos brilhantes em realidade.

A verdade é que, sim, podemos ter grandes ideias e grandes sonhos. Mas se não conseguirmos nos comunicar com aqueles que estão ao nosso redor, se não pudermos escutar as mensagens que o universo envia o tempo todo, então como poderemos esperar seguir adiante para tornar nossos sonhos realidade?

Agora você pode estar pensando: “O que você quer dizer com isso? Tenho ouvidos e escuto!”

Mas a verdade é que a maioria de nós não escuta, porque ouvimos com nosso ego.
Ouvimos aquilo que queremos ouvir, não necessariamente o que a outra pessoa está tentando nos dizer.

Podemos pensar nisso da seguinte forma: será que algum de nós alguma vez esteve em alguma discussão em que estivesse totalmente errado? Claro que não! Por isso é que havia uma discussão para começo de conversa.

Então, por que é que duas pessoas às vezes precisam de um mediador para ajudá-las a se comunicarem? Será que é porque elas não têm ouvidos? Não, é só porque uma pessoa acha que está certa porque seu ego assim lhe disse, e a outra também acha que tem razão porque seu ego também fez o mesmo.

Ego nem sempre é necessariamente algo ruim.
É só a forma como nós, humanos, funcionamos automaticamente.

Certa vez, enquanto o rei Davi estava caminhando, um homem chamado Cosbi o abordou e começou a xingá-lo. Todos os homens de Davi correram para matar o homem. No entanto, antes que eles pudessem tocar em Cosbi, o rei Davi os impediu e disse: “Se ele está me xingando, então eu mereço ser xingado”. Em outras palavras, ao invés de culpar a situação, Davi imediatamente se perguntou o que poderia ter feito para ter atraído aquela situação.

Para nós, esse é um ensinamento poderoso; quando alguma coisa acontece em nossas vidas e sentimos que estamos sendo criticados, devemos olhar para o que podemos aprender com a situação ao invés de automaticamente assumir que a outra pessoa está errada ou procurar formas de revidar para ficarmos quites com ela.

Precisamos nos perguntar: o que é que a Luz está me ensinando através dessa pessoa?
O que posso aprender com essa situação para me tornar mais forte internamente?

Quando alguém nos ofende ou faz alguma coisa difícil ou dolorosa de aceitar, precisamos chegar ao ponto de perguntar: por que mereci isso? Sei que mereci, do contrário isso não teria acontecido. Será possível que isto esteja acontecendo para me tornar mais forte, para me fazer escutar melhor, para me tornar mais atencioso?

Neste mês, a chave para a liberdade que o aquariano deseja é conceder dignidade humana àqueles ao redor, escutar os outros e tentar enxergar a situação a partir do ponto de vista do outro.

Neste mês, precisamos tentar não escutar o que nosso ego decidir escutar – ou seja, nossas próprias decisões e opiniões – mas realmente nos colocarmos de lado e, através deste esforço, crescer e manifestarmos ainda mais o potencial da nossa alma.


Fonte:  http://stelalecocq.blogspot.com.br/

Nenhum comentário: