Google+ Followers

12 janeiro 2013

BEM-VINDOS À NOVA TERRA



Uma mensagem de Patrícia Diane Cota-Robles
11 de Janeiro de 2013.



Parabéns!

Através dos esforços unificados do Céu e da Terra, nós Criamos Divina e Vitoriosamente a Nova Terra nos Reinos da Causa da 5ª Dimensão. Durante o alinhamento celestial sem precedentes que ocorreu em 21 e 22 de Dezembro de 2012, nosso Deus Pai/Mãe soprou a Terra e TODA a Criação na Espiral da Evolução para a próxima oitava de nossas experiências de aprendizagem. Este evento, que foi chamado de Mudança das Eras, é uma parte natural de nossa experiência evolutiva que ocorre somente uma vez em milhões de anos.

Esta mudança não apenas envolveu os Filhos e Filhas de Deus que evoluem na Terra, mas também os Filhos e Filhas de Deus por todo o Infinito. Cada Filho de Deus está agora na posição de co-criar com os nossos Pais Divinos a próxima fase de nossa jornada de volta ao Coração de nosso Deus Pai/Mãe. Este será um processo extraordinário para todos os Filhos de Deus em todo o Universo, mas na Terra ele será glorioso além de nossa mais incrível imaginação.

A fim de entendermos a magnitude do que a Criação da Nova Terra nos Reinos da 5ª Dimensão significa para cada um de nós, devemos compreender que a 5ª Dimensão é uma frequência da Luz, que transcende a separação e a dualidade. Nesta frequência mais elevada da vibração, as mutações graves da doença, da pobreza, da fome, da guerra, da ganância, do ódio, da dor ou do sofrimento de qualquer tipo, não podem ser sustentadas.

A 5ª Dimensão é uma frequência atemporal, ilimitada da Luz e da Perfeição Infinita de Deus. É a frequência que sempre conhecemos como os Reinos Celestiais. Agora, com a Mudança das Eras, Divina e Vitoriosamente realizada, os Reinos Celestiais Ascenderam na Espiral da Evolução para os Reinos da Luz da 6ª Dimensão.

Na 5ª Dimensão, o Amor Divino e a consciência da Unidade e de Reverência pela Vida são a ÚNICA Realidade.

Os Filhos e Filhas de Deus que vivem na 5ª Dimensão estão destinados a co-criar experiências que intensificam a vida a cada pensamento, palavra, ação, sentimento e crença que expressamos. Nós co-criarmos situações que favorecem a todos, enquanto nos concentramos perpetuamente no Amor, na Luz e no bem mais elevado de TODOS os interessados. Isto pode parecer muito bom para ser verdade, mas na verdade, isto nem mesmo começa a descrever as coisas maravilhosas e alegres que estaremos co-criando uma vez que aceitemos que a Nova Terra já foi criada, e que vivamos esta profunda Verdade a cada dia e hora.

Sei que os eventos do Solstício de Dezembro de 2012 criaram muita confusão. Isto se deve às expectativas das pessoas, e porque é difícil para as pessoas recuarem e verem a grande cena. Por eons de tempo, os nossos egos humanos fragmentados e baseados no medo nos manipularam para que acreditássemos que o nosso corpo físico é quem nós somos e que o plano físico é a nossa única realidade. Nada poderia estar mais longe da verdade, mas esta ilusão é um hábito difícil de romper.

Observamos o mundo exterior e chegamos às conclusões errôneas sobre os eventos que ocorreram nos níveis multidimensionais de nossa existência. Nossas conclusões são erradas, porque somos Seres multidimensionais de Luz, vivendo em muitas dimensões, simultaneamente. O plano físico é o menos real de todas as dimensões em que vivemos, e é a última dimensão a refletir as mudanças que ocorreram nos Reinos da Causa.

A Companhia do Céu está muito consciente dos desafios que temos com os nossos egos, e eles estão fazendo tudo o que podem para nos ajudar a perceber a Verdade do milagroso Nascimento da Nova Terra.

Peçam clareza à sua Presença EU SOU e à Companhia do Céu, enquanto vocês absorvem a seguinte informação em seus corações. Vocês já estão conscientes das maravilhas que ocorreram. Isto é verdade, ainda que não se lembrem destes eventos a um nível consciente. Vocês foram um instrumento de Deus durante este Momento Cósmico, e uma parte complexa na realização desta importante parte do Plano Divino.

Em 21 de Dezembro de 2012, durante os momentos do alinhamento da Terra com o Núcleo Galáctico da Via Láctea, nosso Deus Pai/Mãe inalou este planeta e toda a Vida que nela evolui na Espiral da Evolução. Durante este Momento Cósmico, este precioso planeta reivindicou o seu lugar de direito em nosso Sistema Solar. Este evento sagrado abriu o caminho para outra atividade de Luz que tinha que ser vitoriosamente realizada.

Há mais de 2000 anos, Jesus, o Avatar da Era de Peixes, revelou uma atividade de Luz que ocorreria durante estes “tempos finais”, que serviriam como um catalisador para o retorno das Filhas e Filhos de Deus na Terra à Consciência Crística. O evento que ele revelou foi um Batismo através do Fogo Sagrado, que seria iniciado por nosso Deus Mãe, o Espírito Santo, no interesse do despertar da Humanidade.

Este evento milagroso foi Divina e Vitoriosamente realizado em 22 de Dezembro de 2012, preparando assim o caminho para a Criação bem sucedida da Nova Terra na 5ª Dimensão.

A fim de que compreendêssemos a enormidade do que ocorreu para a Humanidade e a Terra, a Companhia do Céu me pediu que reiterasse algumas informações importantes que eles nos deram sobre os eventos que prepararam o caminho para o maravilhoso Nascimento da Nova Terra. Há milhares de novas pessoas em nossa lista de mensagens, e este retorno é muito importante. Este artigo é longo, mas eu lhes prometo que fará valer bem o seu tempo.

BATISMO ATRAVÉS DO FOGO SAGRADO

No início, éramos um Ser de Luz e uma Chama Trina Imortal e Vitoriosa que envolvia os nossos corpos Terrestres. A Chama Azul do Poder de nosso Deus Pai ativou o hemisfério esquerdo do nosso cérebro e a parte lógica e racional do nosso cérebro. Ativou também o centro do poder masculino em nosso Chacra Laríngeo. A Chama Rosa do Amor de nosso Deus Mãe ativou o hemisfério direito de nosso cérebro e a parte criativa e intuitiva de nosso cérebro.

Este Fogo Sagrado também ativou o centro do amor feminino em nosso Chacra Cardíaco. Nosso Deus Mãe é a polaridade feminina de Deus. É o Santo Consolador e expressa a Natureza Amorosa de Deus. É o Ser que conhecemos como o Espírito Santo na Santíssima Trindade.

Inicialmente, as polaridades: masculina e feminina de nosso Deus Pai/Mãe estavam perfeitamente equilibradas dentro de nós. Isto permitiu que a Chama Azul do Poder de nosso Deus Pai e a Chama Rosa do Amor de nosso Deus Mãe se fundissem na Chama Violeta da Perfeição Infinita de Deus.

Esta Chama Violeta perfeitamente equilibrada ativou os nossos centros espirituais do cérebro, que são as nossas glândulas: pituitária, pineal e o hipotálamo, e os centros ganglionares na base de nosso cérebro. Quando estes centros espirituais do cérebro foram ativados, nosso Chacra Coronário da Iluminação se abriu amplamente, permitindo a Chama Amarelo-Ouro da Consciência Crística, para o nascimento do Filho de Deus no plano físico da Terra. Esta Chama Amarelo-Ouro completou a nossa Chama Trina Vitoriosa e Imortal e a manifestação da Santíssima Trindade dentro de nós.

Após a nossa queda da Graça, nós criamos uma dor e um sofrimento opressivos para nós mesmos. Usamos o nosso dom do livre arbítrio e as nossas faculdades criativas do pensamento e do sentimento para criarmos os padrões da imperfeição que resultaram em todos os males que estão existindo agora na Terra.

Quando começamos a experienciar a dor pela primeira vez, ficamos com medo, e não tínhamos ideia de como interagir com o que estava acontecendo em nossas vidas. Estávamos tão enterrados em nossa luta auto-imposta que não podíamos elevar as nossas cabeças da poça de lama de nossas criações errôneas, o suficiente para que pudéssemos ver a Luz. Isto nos impediu de nos comunicarmos com o nosso Eu Divino ou de percebermos soluções viáveis para os nossos problemas através da Consciência Crística. Tudo o que queríamos fazer era interromper a dor.

Sabíamos que o nosso Chacra Cardíaco era o portal através do qual os nossos sentimentos eram expressos no plano físico. Pensávamos que, se bloqueássemos este portal, a dor pararia. Assim, os Filhos da Terra, em uma tentativa desesperada para tentar parar a nossa dor, tomou a decisão fatídica de fechar os nossos Chacras Cardíacos.

Os Seres da Luz revelaram que quando fechamos os nossos Chacras Cardíacos, bloqueamos o portal através do qual o Amor de Deus Mãe entrava no plano físico da Terra. Esta ocorrência catastrófica forçou nosso Deus Mãe a retrair o seu Amor a um mero gotejamento de sua intensidade original. Isto criou problemas monumentais que impulsionaram a Terra e Toda a sua Vida em uma espiral descendente de trevas, dor e sofrimento.

Uma vez que fechamos os nossos Chacras Cardíacos, a quantidade infinitesimal do Amor Divino que nosso Deus Mãe era capaz de projetar através do hemisfério direito de nossos cérebros, mal era suficiente para sustentar a consciência do cérebro. Isto fez com que o nosso cérebro direito se tornasse quase adormecido. Quando isto ocorreu, a Chama Azul do Poder de nosso Deus Pai e a Chama Rosa do Amor de nosso Deus Mãe não mais se fundiram na Chama Violeta perfeitamente equilibrada da Perfeição Infinita de Deus.

A Chama Violeta equilibrada de nosso Deus Pai/Mãe foi o catalisador que ativou os centros espirituais de nosso cérebro e abriu o nosso Chacra Coronário. Sem o apoio da Chama Violeta, os centros espirituais do nosso cérebro, começaram a atrofiar. Isto forçou o nosso Chacra Coronário a se fechar, o que nos impediu de nos comunicarmos com o nosso Eu Divino e a Companhia do Céu. Não éramos mais capazes de manter a Consciência Crística.

Quando perdemos a consciência de nosso Eu Divino e da Companhia do Céu, começamos a perceber o plano físico como a nossa única realidade. Chegamos à conclusão distorcida de que o nosso corpo físico é tudo o que somos e que a gratificação de nossos sentidos físicos é o nosso propósito e a razão de ser.

À medida que nos arrastávamos através de nossa existência terrestre, fazendo escolhas que nos levavam mais ainda para a separação e para a escuridão, desenvolvemos um alter ego ( ou outro eu) baseado no medo. Este aspecto fragmentado de nossa personalidade é conhecido como o nosso ego humano. Nosso ego humano usurpou o controle que o nosso Eu Divino deveria ter sobre os nossos corpos terrestres.

Sem o equilíbrio do Amor de nosso Deus Mãe, começamos a abusar de nosso poder masculino.

Tomávamos decisões orientadas no poder, que não levavam em consideração como as nossas escolhas iriam afetar outras pessoas, ou se elas refletiam o Amor ou uma Reverência pela Vida. Quando estávamos em corpos masculinos, abusávamos do nosso poder, sendo violentos e agressivos.

Quando estávamos em corpos femininos, abusávamos de nosso poder, suprimindo-o e nos permitindo ser dominados e oprimidos. Quanto mais abusávamos de nosso poder, mais profundamente caíamos no abismo de nossas criações errôneas humanas. Conforme o tempo passava, a nossa situação ficava ainda pior.

Então, há 2000 anos, durante o início da Era de Peixes, foi feita uma avaliação pelo nosso Deus Pai/Mãe e pela Companhia do Céu para ver qual era a maior necessidade da hora para a Humanidade. A Mudança das Eras estava chegando e os nossos corações estavam ainda fechados. Fomos esquecidos do Amor de nosso Deus Mãe, e não mais funcionávamos com a Consciência Crística. Estava claro que sem a poderosa Intervenção Divina, a Humanidade não estaria preparada para fazer a mudança para a 5ª Dimensão.

Os Filhos de Deus na Terra caíram em uma consciência abusiva e patriarcal, orientada no poder. Estávamos sendo totalmente manipulados pela atitude agressiva de nossos egos humanos fragmentados, baseados no medo. Fomos abstraídos de nosso Deus Mãe e de seu Amor Divino.

Sabíamos que havia somente um Deus e que éramos todos Filhos de Deus, mas não nos ocorria que esta Presença abrangente de Deus era tanto masculina, quanto feminina. Surpreendentemente, assumimos que, como Filhos de Deus, tínhamos um único Pai e acreditávamos que este Pai era um Deus Pai masculino. Que filho já nasceu sem uma Mãe? “Como em cima, assim é embaixo”.

Durante a avaliação da Terra pelo nosso Deus Pai/Mãe e a Companhia do Céu, no início da Era de Peixes, estava claro que a maior necessidade da hora era que a Humanidade reivindicasse o nosso Direito Nato Divino como Filhos e Filhas de Deus. O único modo de atingir este objetivo era que retornássemos à Consciência Crística.

E a ÚNICA maneira de retornarmos à Consciência Crística era abrirmos os nossos Chacras Cardíacos e o Portal nos hemisférios direitos do nosso cérebro, através do qual o nosso Deus Mãe pudesse retornar à Terra. Em outras palavras, sem o Amor de nosso Deus Mãe, não havia maneira de recuperarmos a Consciência Crística.

A Humanidade teria que abrir os nossos Chacras Cardíacos e equilibrar a Chama do Amor Divino de nosso Deus Mãe em nossa Chama Trina Vitoriosa e Imortal. Somente então os hemisférios de nosso cérebro direito e esquerdo se tornariam equilibrados e os centros espirituais do nosso cérebro, reativados, abrindo assim o nosso Chacra Coronário e nos retornando à Consciência Crística.

A fim de realizarmos esta poderosa façanha, um Plano Divino foi acionado. Nosso Deus Pai/Mãe convocou um Filho e Filha Amados de Deus do Grande Silêncio. Estes Seres preciosos eram Chamas Gêmeas que tinham estado, por um tempo muito longo, aprendendo a como ancorar os arquétipos para o retorno de nosso Deus Mãe e o retorno da Humanidade à Consciência Crística.

Eles são aqueles que conhecemos como Jesus, o Cristo, e Maria Madalena. Estes abnegados Seres de Luz se ofereceram para encarnar no Planeta Terra para demonstrar aos Filhos de Deus a realidade de nosso Deus Mãe, e o caminho do Amor Divino que a Humanidade deveria seguir a fim de retornar à Consciência Crística.

Jesus e Maria Madalena sabiam que devido às crenças arraigadas da Humanidade na autoridade patriarcal de um Deus Pai, o papel de Maria seria inicialmente como um parceiro silencioso. Sua parte do Plano Divino estava envolto em segredo, para impedir que o plano fosse bloqueado, através do abuso do poder que era exercido pelos egos humanos patriarcais da Humanidade na época.

Jesus e Maria Madalena eram parceiros iguais, e juntos, eles realizaram Divina e Vitoriosamente o Conceito Imaculado de suas Missões Divinas.

Durante ao que é referido como “os 18 anos perdidos”, Jesus e Maria Madalena estudaram em escolas de mistério da Índia, Tibete e Egito. Quando chegou o momento de começarem a sua missão de ancorar os arquétipos para o retorno de nosso Deus Mãe e do retorno da Humanidade à Consciência Crística, Jesus demonstrou para todo o mundo ver, o primeiro passo imperativo – o retorno do Feminino Divino, nosso Deus Mãe, o Espírito Santo.

Aos 30 anos, Jesus e Maria Madalena vieram às margens do Rio Jordão, onde Jesus mergulhou no elemento sagrado da água. A água representa a camada emocional para a Terra, bem como os corpos emocionais para a Humanidade. Uma vez que Jesus estava na água, ele participou de uma Cerimônia Divina que ancorou o arquétipo para o retorno de nosso Deus Mãe.

Nesta cerimônia, João Batista lavou os pecados do mundo, Batizando Jesus com o Amor de nosso Deus Mãe, o Espírito Santo.

Todos nós vimos as imagens de Jesus no Rio Jordão, com a Pomba do Espírito Santo descendo em seu Chacra Coronário. Neste momento, o hemisfério direito do cérebro de Jesus foi trazido ao perfeito equilíbrio com o hemisfério esquerdo do seu cérebro. Os centros espirituais do seu cérebro foram ativados, e o seu Chacra Coronário foi amplamente aberto. Quando isto ocorreu, Jesus se tornou o Cristo em plena estatura e a sua missão de modelar o Potencial Divino da Humanidade como um Filho Amado de Deus começou realmente.

Simultaneamente, Maria Madalena experienciou a mesma unção através de um Batismo do Espírito Santo. Neste momento, Jesus e Maria Madalena se tornaram os Avatares da Era de Peixes.

Nos três anos seguintes, Jesus modelou para o mundo o caminho da Unidade e do Amor Divino que cada um de nós deve seguir, a fim de recuperar a Consciência Crística. Maria Madalena apoiou sempre Jesus com o seu amor, e manteve o espaço sagrado para a realização de suas Missões Divinas.

O caminho da Unidade e do Amor Divino é o único caminho a que os Filhos de Deus retornarão, através da Consciência Crística, ao Coração de nossa Mãe e Pai Divino. Jesus demonstrou este caminho e o nosso Potencial Divino através de várias atividades de Luz e dos milagres que realizou. Tanto ele, quanto Maria Madalena, revelaram a Unidade da Vida, através de sua dedicação ao outro e a sua reverência por TODA a Vida.

Aos 33 anos, Jesus realizou as facetas finais de sua Missão Divina. Trinta e três é o número mestre que reflete o Cristo manifesto. Há muita discussão neste momento quanto a se Jesus foi realmente crucificado e se ressuscitou ou não o seu corpo. A Companhia do Céu confirmou que ambos os eventos foram vitalmente importantes para a realização do Plano Divino de Jesus e Maria Madalena.

Contrário às coisas que nos foram ditas e que induziam à culpa a razão de Jesus ter sido torturado e crucificado, não foi para expiar os pecados da Humanidade, porque somos pecadores indignos e vermes do pó e que assim alguém tinha que nos salvar.

Na verdade, nosso Deus Pai/Mãe deu a cada um de nós o dom do livre arbítrio e a NINGUÉM é permitido interferir na experiência da Humanidade, ou nas ramificações das escolhas de nosso livre arbítrio. Somos responsáveis pela forma como usamos o nosso dom da Vida, e devemos experienciar as conseqüências de nossos pensamentos, palavras, ações, sentimentos e crenças, sejam eles positivos ou negativos.

Jesus concordou em ser crucificado porque ele queria provar ao mundo que não há nada que o ego humano caído possa fazer ao corpo físico que destrua a Divindade dentro de nós. Sua crucificação e ressurreição provaram que ainda que nosso corpo seja maltratado, torturado e crucificado, a Divindade interior é eterna e vive em nosso Corpo de Luz.

Jesus e Maria Madalena vieram ancorar os arquétipos para o retorno de nosso Deus Mãe e para demonstrar o caminho da Unidade e do Amor Divino que cada um de nós deve seguir, a fim de que retornemos à Consciência Crística.

Jesus sabia, no entanto, que os nossos egos humanos eram poderosos e que a nossa falta de confiança em nós mesmos, era opressiva. Ele estava muito consciente de que o potencial era grande de que não compreenderíamos a sua missão. Afinal, muitos Avatares vieram e se foram desde a queda da Graça da Humanidade, cada um com a intenção de ensinar à Humanidade o caminho do Amor Divino que levaria à Consciência Crística.

Em cada tentativa, a Humanidade nos separou dos Avatares e os Idolatrou, com a esperança de que eles nos salvariam. Jesus estava determinado a não deixar que isto acontecesse desta vez, assim ele criou um plano que demonstrasse claramente à Humanidade que cada um de nós é responsável pelo nosso retorno individual à Consciência Crística.

No ato final da missão do Amado Jesus, ele quis revelar claramente à Humanidade que ele não pode fazer isto por nós e que não estamos salvos, simplesmente porque ele esteve aqui. Jesus deixou um poderoso arquétipo para provar que não importa o quanto sejamos dedicados a ele: cada um de nós é responsável pelo nosso retorno à Consciência Crística. A fim de criar este arquétipo, Jesus invocou a assistência de seus Amados Discípulos.

Após a ressurreição de Jesus em seu Corpo de Luz, ele permaneceu na Terra por 40 dias. Durante este período, ele expandiu o seu Corpo de Luz e elevou os seus Discípulos à Consciência Crística, de modo que eles pudessem experienciar o retorno de nosso Deus Mãe e como era se reconectar com os seus Eus Divinos.

Na Consciência Crística, os discípulos foram capazes de realizar todos os milagres que Jesus realizava. Eles aprenderam rapidamente as lições que lhes permitiriam continuar a missão que tinha sido iniciada pelo seu amado irmão, Jesus. Eles se prepararam para difundir a Verdade de nosso Deus Mãe, a realidade da Divindade da Humanidade e o caminho da Unidade e do Amor Divino que levariam à Consciência Crística de cada alma em evolução.

Ao término dos 40 dias, foi o momento de Jesus Ascender para a próxima fase de sua missão. Quando o céu se abriu e Jesus Ascendeu aos Reinos da Verdade Iluminada, ele retirou o seu Corpo de Luz dos discípulos. Desde que os Discípulos não tinham atingido a Consciência Crística através dos seus próprios esforços, eles começaram a vacilar e perderam a sua capacidade de sustentar a Consciência Crística.

Os Discípulos perceberam que, apesar de seu grande amor por Jesus e a sua dedicação a ele e a sua missão, ele não poderia salvá-los ou sustentá-los na Consciência Crística. Amá-lo, ou aceitá-lo como o seu salvador pessoal não era o suficiente. Alcançar a Consciência Crística era algo que cada um deles teria que realizar sozinho.

O máximo que Jesus e Maria Madalena poderiam fazer era ancorar os arquétipos para o retorno de nosso Deus Mãe, e demonstrar o caminho da Unidade e do Amor Divino que cada um de nós deve seguir, a fim de retornar à Consciência Crística.

Durante dez dias, os Discípulos lutaram com a sua situação. No 50º dia após a ressurreição de Jesus, no dia em que agora chamamos de Pentecostes, os Discípulos compreenderam o que eles deveriam fazer para atingir e sustentar a Consciência Crística.

Naquele dia os Discípulos entraram em um estado superior de consciência, que cada um deles atingiu ao consagrar a sua vida ao caminho da Unidade e do Amor Divino. Neste estado elevado da consciência, cada um dos discípulos abriu o seu coração e dos recessos do seu ser, invocou o retorno de nosso Deus Mãe, através de um Batismo do Espírito Santo. Desta vez, o Batismo foi através do Fogo Sagrado, em vez da água.

Naquele instante, os hemisférios direitos do cérebro dos discípulos foram trazidos ao perfeito equilíbrio com os hemisférios esquerdos do cérebro. Os centros espirituais do seu cérebro foram ativados e os seus Chacras Coronários foram abertos amplamente. Isto permitiu que os Discípulos recuperassem a Consciência Crística e se re-conectassem com os seus Eus Divinos.

Todos nós já vimos representações dos discípulos, após o seu Batismo com o Fogo Sagrado pelo Espírito Santo. Eles são mostrados com uma Chama pulsando a partir do seu Chacra Coronário, indicando que eles tinham recuperado a Consciência Crística.

Mesmo com todos os arquétipos que foram cuidadosamente ancorados durante a Era de Peixes, Jesus e Maria Madalena sabiam que se passariam milênios antes que a Humanidade realmente compreendesse a sua mensagem e reivindicasse o nosso Direito Nato Divino como os Amados Filhos de Deus.

Era óbvio que os nossos egos humanos não iriam abrir mão facilmente do seu controle patriarcal. A resistência seria grande e todos os esforços possíveis seriam feitos para suprimir o papel de Maria Madalena e a Verdade de nosso Deus Mãe. Jesus confirmou este conhecimento no Apocalipse 10,7: quando ele afirmou: “Não haverá mais tempo! Pelo contrário, nos dias em que se ouvir o sétimo Anjo, quando ele tocar a trombeta, então o mistério de Deus estará consumado.”

Ele disse que isto envolveria a Segunda Vinda de Cristo através de um Batismo pelo Fogo Sagrado.

A Era de Peixes foi o Dia do Sexto Anjo. Jesus é conhecido como o Príncipe da Paz, por causa das qualidades divinas associadas ao Sexto Aspecto Solar da Divindade, que foi a influência predominante durante o ciclo de 2000 anos da Era de Peixes. O símbolo de Jesus é o peixe, porque ele e Maria Madalena foram os Avatares da Era de Peixes, que é representado pelo símbolo do peixe.

A Mudança das Eras e o Nascimento da Nova Terra

Agora que entramos na Era de Aquário, o 7º Anjo está começando a soar a trombeta. Durante os próximos 2000 anos, o 7º Aspecto Solar da Divindade que pulsa com a Chama Violeta será a influência predominante na Terra.

Durante os últimos 25 anos, a Humanidade em massa alcançou um ponto crítico que permitiu o retorno de nosso Deus Mãe de modo profundo e sem precedentes. A Presença EU SOU de cada homem, mulher e criança na Terra, fez a escolha de reivindicar o nosso Direito Nato Divino como Filhos e Filhas de Deus e de retornar à Consciência Crística.

Em 21 de Dezembro de 2012, nós passamos Divina e Vitoriosamente através da Mudança das Eras.

Em 22 de Dezembro de 2012, a Humanidade recebeu um Batismo de nosso Deus Mãe – o Espírito Santo – que banhou a Humanidade e a Terra no Fogo Solar Sagrado Cristalino da 5ª Dimensão. Isto abriu o caminho para o Nascimento Divino e Vitorioso da Nova Terra, nos Reinos da Causa da 5ª Dimensão.

Em 22 de Dezembro de 2012, literalmente, milhões de seres da Humanidade desperta ao redor do mundo, concentraram o poder da atenção no nascimento da Nova Terra. Juntos, nós criamos um Campo de Força de Luz Divina que moveu a Terra e TODA a sua Vida através de uma mudança inevitável da energia, vibração e consciência.

Agora, cada partícula de Vida na Terra está vivendo nas frequências da Luz Divina que transformará este abençoado planeta nos padrões de perfeição para a nossa nova Causa Planetária do Amor Divino, enquanto concentramos nela, através de nossos pensamentos, palavras, ações, sentimentos e crenças.

Este é o início do Renascimento do Amor Divino que a Humanidade está destinada a co-criar no mundo físico da forma enquanto vivemos, respiramos e agimos de acordo com esta nova realidade.

Prestem atenção: Concentrem-se SOMENTE no que vocês querem co-criar na Nova Terra através do Amor e da Reverência por TODA a Vida.

Com o Nascimento da Nova Terra, nós entramos em uma Ordem Superior do Ser.
O Amor é a Ordem do Novo Dia no Planeta Terra.
Esta é a realidade da Nova Terra em que agora vivemos.

Uma consciência suprema do Amor está se infiltrando no coração e mente de cada pessoa no planeta. As massas da Humanidade em breve “verão com novos olhos e ouvirão com novos ouvidos”. A cada dia e hora mantenham este conhecimento interior em seu coração e mente.

Prestem atenção às experiências Amorosas que estão se manifestando ao seu redor. Vocês irão se surpreender com as coisas que estão acontecendo na Humanidade, que refletem uma nova consciência de Amor, de Unidade e de Reverência por TODA a Vida.

Apenas por um momento, respirem profundamente e entrem na Divindade do seu coração.

Sintam o júbilo que verte de nosso Deus Pai/Mãe e da Companhia do Céu, em resposta à Vitória sem precedentes na Luz que as Presenças EU SOU da Humanidade co-criaram, Nunca na história do tempo, a energia, a vibração e a consciência coletiva da Humanidade deram este salto quântico nas frequências da Luz.

Ao longo de 2013, 2014 e 2015, a Companhia do céu nos guiará através de oportunidades surpreendentes que irão acelerar o processo de nossa manifestação tangível da Nova Terra. Tudo o que temos a fazer é pedir.

Estes padrões de perfeição existem aqui e agora.
Estes são tempos maravilhosos.

Permaneçam focados na Luz e prestem atenção.
Este é o início de nossa Nova e Gloriosa Realidade.
E assim é!

Patrícia Diane Cota-Robles

New Age Study of Humanity's Purpose, Inc.
a 501 (c) nonprofit educational organization
http://eraofpeace.org/
Este artigo está protegido por Direitos Autorais, mas vocês têm a minha permissão de compartilhá-lo através de qualquer meio, contanto que os créditos apropriados estejam incluídos.
Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Mensagem enviada por Nilda Toniolo.
Grata Nilda!


Fonte:   http://stelalecocq.blogspot.com.br/

Nenhum comentário: