Google+ Followers

26 abril 2013

Palas Athena - Cura Interior




Uma das maiores ignorâncias e limitações do homem é achar que está só. 

Vocês não estão sós nem dentro de si mesmos! Pois em vosso interior abriga o que chamam de Deus.

Vocês precisam de Amor e digo-vos que não há nada que vos seja dado com mais abundância do que isto.

Digo-vos de minha parte que estou aqui para vos lembrar das belas coisas de que já sabem. Estou aqui para lembrar-vos das coisas que povoavam vossos espíritos antes de imergirem na condição física. Vim para vos recordar da maravilhosa compreensão do Tudo que cada um de vocês tinha antes de assumir o corpo físico.

Corpo este que carrega muitas impressões! Impressões que vossos pais passaram, seja através da genética ou através das ideias que eles tinham. 

Impressões que muitas vezes foram transferidas ao envoltório corpóreo de matéria quando ainda eram muito pequenos. Impressões emocionais, impressões psicológicas.

Vocês foram bombardeados por muitas impressões vindas de muitos lados. 

Antes de abrirem vossos olhos para a jornada física na qual escolheram viver estavam puros quanto a vossa natureza, estavam certos do que queriam e conscientes dos motivos que os levaram a escolher o renascimento na Terra. 

Vocês estavam lúcidos a respeito de si mesmos, estavam crentes de que a conexão com a Fonte conduziria vocês em todos os passos. Estavam cientes de que receberiam uma educação oposta a que viviam no plano astral e mesmo assim estavam dispostos à aventura sob o contraste da Terra, pois estavam inspirados pelo Amor Maior.

E quando aí nasceram absorveram muitas ideias e se encheram de impressões que não são as mesmas que carregavam e sustentavam quando estavam aqui, do lado que estou neste instante, dentro do que chamam de espaço e tempo, que não existem aqui, mas que preciso mencionar para que soe compreensível a vocês. E por isso, como vossos amigos, estamos ajudando no despertar de quem são.

E sabemos que se confundiram, sabemos que se deixaram levar e sabemos que esse era mesmo o plano, pois era através do contraste que se achariam! Uma vez que perderam vossa memória espiritual necessitariam da realidade e da multiplicidade de ideias e crenças para acharem as vossas, as do vosso Eu.

Eu estou aqui lhes oferecendo a mesma ciência que vos alimentava antes da matéria, antes deste “estado” de matéria. E vosso corpo, muitas vezes fica carregado de impressões que vos atrapalham. E meu desejo é auxiliar-vos neste processo de limpeza e de cura, cura interior.

Não estou aqui para curar-vos fisicamente, pois bem sei que vossas dores externas refletem as internas. Portanto, ofereço-me para ajudar-vos com o lado de dentro. Vocês têm tantos especialistas voltados para o externo! E de fato eu louvo a isso. Contudo, precisam de cura interior, precisam sarar as feridas que foram feitas do lado de dentro.

E são essas feridas que muitas vezes impedem vosso progresso. E são elas: Mágoas, ressentimentos, revoltas, culpas, inimizades, raivas desenfreadas, amores não correspondidos, sentimentos feridos pelas desilusões, decepções, abalos emocionais, traições. Vocês sabem que essas coisas machucam e eu também sei, pois já estive em corpo de carne como o vosso, no entanto, numa era que não era como a atual.

Voltem-se para dentro de vocês, queridos, e deem-se a cura. E essa cura a primeiro nível se chama “Aceitação”. Sim, aceitem tudo que ocorreu da forma como ocorreu. Vocês não poderiam ter evitado coisa alguma. Se pudessem teriam evitado. 

A pressão mental que fazem quando se culpam sobre algo é prejudicial e ignorante. Ninguém pode dar mais do que tem, aceitem que as coisas em vossas vidas ocorrem conforme vossa maturidade e entendimento momentâneo.

E não foram justamente os muitos desacertos que ajudaram vocês a chegar aonde chegaram? Não foram as muitas vidas, as muitas experiências que ofereceram a vocês uma condição mais lúcida? Sim, tudo o que vocês enfrentaram contribuiu de alguma forma na construção de quem são e por isso, aceitem!

Aceitem que foram vítimas de vossa própria ignorância, aceitem que os ferimentos foram causados em vocês porque se negavam a viver na verdade de vosso espírito. Aceitem que tudo ocorreu de forma a vos levar a excelência divina.

E segundo passo: Perdoem! Quem quer que seja e o que quer que tenha feito. 

Perdoem todos os acontecimentos dolorosos, os que vos marcaram, vos machucaram. Perdoem! Sem tentar compreender o porquê, mas perdoem. 

Libertem-se da dor. É só perdoando que se liberta do sofrimento. É apenas fazendo isso.

Eu vos ofereço a mesma ferramenta que sempre vos foi oferecida pelos mestres. Eu não vos ofereço nada que já não tenha sido mencionado antes, por alguém. Libertem-se! Curem-se! Renovem-se no Amor que vos é oferecido, pois a fonte só pode conferir o novo se vocês se libertarem do velho padrão. 

Perdoem para que se libertem disso. Do passado, das dores e das doenças interiores e exteriores.

Sob a Luz da Lua cheia, desejo que escrevam, se assim desejarem, todas as causas que sentem que precisam perdoar e se livrar. Escrevam ou mentalizem, se assim preferirem, todas as causas pendentes em vossas vidas. 

Mentalizem também as doenças físicas ou emocionais que porventura sofram no momento e com o sincero perdão, aceitem e se façam livres dessas energias.

E eu vos prometo que aquele que assim fizer, será liberto e certamente preenchido com o novo. 

No despontar da Lua cheia, estarei convosco em prece e meditação em aliança com muitos amigos que se unem comigo com o objetivo de enviar fluidos de cura em todos os níveis. E os que crerem e perdoarem, serão curados. Os que se abrirem ao Amor e aceitarem as experiências como “benéficas” e “necessárias” serão libertos e o novo virá. O novo virá para os que se limparem do velho.

Aceitem e permitam que o Universo faça frutificar no solo de cada ser humano o que ele mesmo plantou e se forem Um com o Amor cósmico colherão os frutos desse Amor.

Eu vos abençoo com a luz do Bem e digo-vos: Todo homem é cativo de si mesmo e todo vencedor é vitorioso em si mesmo. Só “serão” aqueles que se fizerem “ser”.

Eu sou Athena, vossa aliada.

Palas Athena através de Vinícius Francis 

Nenhum comentário: