Google+ Followers

31 agosto 2014

SaLuSa - "Geometria Sagrada



Em meio à iminência de um grande acontecimento, as nossas atividades tendem a aumentar em torno da Mãe Terra. É de se esperar que muitos de vós estejais sentindo um frêmito no interior que indica a aproximação que muitos podem chamar de “algo especial” ou “algo bom demais para ser verdade”, como costumais dizer. É sabido por nós que isso não é apenas um sentimento efêmero, mas, à medida que o tempo passa, ele se torna mais claro e sólido.

Esse sentimento dá a vós a sensação de que tudo está em seu devido lugar e que não há nem nunca houve motivo para pânico ou descontentamento. Esse sentimento também é carregado de paz e leveza, dá-vos uma certeza de que não estais sós e que, ao fechar dos vossos olhos, podeis vos sentir elevar às Dimensões Superiores muito facilmente de maneira a não mais duvidardes de absolutamente nada.

O Véu está a se erguer e constatareis isso dia após dia. Permitais sentir as energias da Nova Era e deixai que o novo se estabeleça em vosso interior, guiando-vos para novas fases do vosso caminho, que, com toda certeza, serão cheias de muitas experiências novas e alegres.

É sabido que, devido a essa aproximação maciça das nossas naves, aqueles que mantiverem um coração aberto para essa realidade poderão sentir a nossa presença, claramente. Poderão sentir também o magnetismo das nossas naves que estão mais próximas agora do que nunca.

Permiti-vos ouvir a voz do vosso Eu Superior que está a indicar o que devereis fazer a seguir. Podereis, também, ser intuídos para ir a um lugar específico em meio à natureza, ou simplesmente a um determinado cômodo da vossa casa, onde fechareis os olhos por um breve momento e experimentareis a nossa presença, podendo, em alguns casos, nos ver em nossa forma humanoide bem ali em frente a vós.

Podereis ser chamados por nós até uma montanha, ou um lago afastado da área urbana, ou até o quintal da vossa casa, ou, simplesmente, para olhar para o céu. Nós desejamos muito ter-vos conosco e abraçar-vos em agradecimento por tudo que fizestes durante todo este tempo. Sabemos que essa ideia pode causar espanto para alguns, ou histeria em outros, mas o que menos queremos é assustar-vos ou tirar-vos do vosso estado de harmonia interior.

Estamos, pouco a pouco, nos aproximando de vós, para que possais vos acostumar com a nossa presença, de modo que possamos aparecer para vós sem causar muito alarde. Neste caso, pedimos que comeceis a dar espaço à voz do vosso coração e não à vossa mente, para que consigamos chamar-vos telepaticamente e dar-vos possíveis instruções para contatos mais diretos.

Não fiqueis tristes caso não chamemos alguns de vós, mas, antes, considerai que tudo é regido por um plano maior e que nós respeitamos esse plano acima de qualquer coisa. Não há favoritos para nós. Nós amamos a todos vós sem distinção, mas há leis que respeitamos e há muitas coisas as quais nos impediriam um contato mais direto com alguns de vós da superfície neste momento.

Salientamos que nenhum carma é mais poderoso do que o Amor em vossos corações, então, deixai que a Graça Divina vos envolva, limpando toda e qualquer culpa que carregais em vossos corações, libertando-vos de toda dor. Isso permitirá a nossa aproximação e contato convosco. Muitos de vós desejam ter-nos em seu meio para ajudá-los neste momento de forma mais direta. Voltamos a dizer que isso acontece com permissão superior e que, como costumais dizer: “não damos um passo maior do que a perna”. Continuai os vossos esforços diários para vos manterdes em paz e vibrando Amor.

O vosso Amor e Luz têm ajudado, consideravelmente, a situação nos polos, onde o gelo tem sido sustentado pela graça do Amor divino. A Luz tem impedido o desgelo extremo e a subida excessiva do nível do mar de forma que traria inundações em algumas regiões.

Pedimos que mantenhais as vossas melhores intenções sempre, enviando Amor à Gaia. Assim, ela pode usar essa magia sublime para restaurar o seu corpo físico. Há muitos questionamentos sobre os buracos que tem aparecido em todo mundo. Isso também dá-se pelo ajuste interno da Mãe Terra, que está graciosamente acomodando-se e liberando determinadas energias atraídas pelos que pertencem às trevas, energias que também são sustentadas pelo pensamento humano coletivo de dor e ódio.

Os tremores de terra também são um clamor da Mãe Terra para a necessidade de vos desligardes das velhas maneiras e não mais sustentardes energias de tristeza e dor.

O ajuste no corpo físico da Mãe Terra trará muitas situações que os seus cientistas não conseguirão explicar, simplesmente pelo fato de se tratarem de algo que está além do nível físico tridimensional que eles acreditam dominar. Tais acontecimentos poderiam ser explicados pela Geometria Sagrada e/ou física quântica, assuntos que muitos desconhecem.

A Mãe Terra está formando símbolos em todo mundo, ativando a Divina Geometria e permitindo o ancoramento de mais Luz no seu corpo. E meio a tantas mudanças e ajustes, a dessalinização dos mares é algo que será a vossa realidade em um futuro não muito distante.

Vós podereis ver o reaparecimento de terras há muito tempo submersas, assim como o reaparecimento de uma grande usina de força espiritual em uma região do pacífico. Há muita dúvida ainda no coração de algumas pessoas que se negam a aceitar a mudança em seu interior e continuam negando as novas energias. Tais energias já estão tão poderosamente em movimento que até mesmo alguns dos pertencentes às trevas já aceitam que o seu tempo chegou ao fim e que não há nada que possam fazer para mudar isso.

Não há nada que possa impedir tais mudanças e as energias de dúvida e medo estão sendo encurraladas pelo Amor crescente. Essas novas descobertas abrirão a mente de muitos e novamente o efeito bola de neve por-se-á em movimento por decreto do Criador Supremo. Não há mais tempo a perder, meus queridos seres, pois é chegada a hora de encontrardes o vosso verdadeiro Eu.

É hora de voltardes para casa, e estejais atentos aos chamados constantes. O Céu está a vos chamar, através da Geometria Sagrada gravada na superfície da Mãe Terra por ela mesma e pelas nossas equipes (Crop Circles), ou pelos códigos numéricos, através dos nossos especialistas em reativação do GNA Sagrado, carregados de energia salutar que se apresentam a vós na forma de combinações específicas em vossos relógios de tempo linear e em toda parte. Isso nada mais é do que o chamado do vosso Eu para a vossa natureza Divina.


O Chamado é para que abandoneis as velhas maneiras e assumais a vossa natureza pacífica e amorosa. Não vos assusteis com a frequência que sois chamados por estes meios, considerai, sim, que pedistes para serdes despertos nesta época desta maneira pelos seus Eus Superiores, e assim é.

Ao verdes o chamado, repitais suavemente em Amor e Luz: “Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou” (Respirem profundamente...) “Eu me conecto à Luz Divina em meu coração e à toda minha família cósmica, a fim de restaurar a Mãe Terra à sua forma Divina Original”.

Eu Sou SaLuSa de Sirius e agradeço mais uma vez a todos que colaboram com o Plano Maior, a fim de restaurar a Mãe Terra e permitir a nossa aproximação à superfície, sem que causemos danos com a irradiação das nossas naves.

Óh, sim, queridos, as nossas naves emitem uma radiação de Luz que ainda pode ser prejudicial para alguns de vós que ainda não estão completamente ancorados na Luz, mas isso é uma questão de tempo, até que elevei-vos até nós, através do Amor e Paz que vos estão sendo inspirados pelos vossos irmãos de todo o Universo. Eles estão presentes, neste momento, em volta da Terra de forma que suas presenças estão a acelerar os vossos corações na esperança do reencontro com a sua família cósmica.

Deixo aqui os meus sentimentos humanos na forma de uma lágrima de emoção e carinho por todos vós.

Estejam em Paz,

Estejam na Luz.

Gabriel - Muito obrigado, meu querido SaLuSa. Eu agradeço por essa mensagem em nome de toda a minha equipe em terra. S2


Fonte:     http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/

CLÍNICA DA ABUNDÂNCIA




Adamus Saint-Germain 
canalizado através de Geoffrey Hoppe 
auxiliado por Linda Hoppe
Gravado em Louisville, Colorado 
no Centro de Conexão do Círculo Carmesim 
09 de agosto de 2014


NOTA IMPORTANTE: Esta informação não é para você a menos que você assuma total responsabilidade por sua vida e criações.


Clínica da Abundância 
Sessão 1 

LINDA: O convite, certamente, é para este momento do Agora, de modo que vamos respirar neste momento do Agora essa respiração consciente. Você respira o tempo todo, mas quando paramos como este no momento do Agora, você permite que essa respiração consciente flua. 

É a sua respiração. É a nossa respiração. Ninguém pode fazer isso por você, só você pode fazê-lo. 
Então, por favor, eu convido cada um de nós a fazer uma respiração profunda. Para levá-la totalmente dentro de você, preenchendo seu corpo. Seu corpo pode sentir isso, e seu corpo sabe que você escolhe a vida quando você toma esta respiração profunda e consciente. 

Respire fundo a partir da sua alma. Quando você respira, presente e neste momento do Agora, você pode sentir o seu fluxo de alma com você. 

Então respire e receba.
Este é um momento muito, muito especial – a nossa respiração, o Agora. 
Eu o convido a se abrir e fluir para essa experiência. 

Este é o tema da abundância.
Você pode fluir com a abundância?
Você pode se permitir realmente a sentir esta experiência?


Sinta Adamus enquanto ele se aproxima, aqui para todos e cada um de nós, se escolhermos. 

Então respire e abra todos os seus sentidos. E a música vai tocar, e eu convido você a justamente permitir que a respiração e a energia fluam com você e a música. 

Então respire. 
Respire e sinta.
Respire e se abra a essa experiência. 

Respire.
Respire. 

(a música é “World in Your Hands” ("O Mundo em Suas Mãos") de PremiumBeat.com) 


ADAMUS: Eu Sou o que Sou, Adamus de Domínio Livre e Soberano. 

Bem-vindos à Clínica da Abundância. Bem-vindos a este encontro de seres humanos que enfrentam o que vocês consideram uma das questões mais difíceis – abundância, dinheiro, presentes, receber. 

Eu tenho um pouco de implicância e um desconforto sobre workshops de abundância e é uma das razões pelas quais eu não fiz nenhum até agora. O incômodo é que a maioria deles é mental. Agora, hoje, vamos falar através de uma série de conceitos, problemas, filosofias, mas essas são realmente mais uma distração do que qualquer outra coisa.

Sim, ouvir as palavras, mas todo esse tempo nós vamos estar movimentando um pouco de energia. Nós vamos estar mudando um pouco a consciência, porque você está permitindo isso. As palavras, de novo, são interessantes; mas a dinâmica real do que está acontecendo aqui é a sua escolha, a sua vontade de ir além. 

Dito isto, cerca de 18 por cento dos que estão ouvindo ou estão aqui verdadeiramente, verdadeiramente querem sair deste problema de falta. E depois há muitos de vocês justamente pensando nisso. Eu posso sentir a energia mental. Eu posso sentir o pensamento. Você está perdido em seu próprio pensamento.

Então eu vou pedir para você neste exato instante a fazer uma escolha, ou para sair dessa consciência de falta, para sair desta energia mental presa, ou simplesmente sair. Saia da sintonia. Caia fora agora, porque de outro modo ... estamos indo para alguma consciência e energia interessante e profunda, mas se você não estiver realmente certo, se você está apenas testando as águas, se você quiser ver se isso é algum novo truque ou jogo, isso realmente vai doer, porque você vai obter informação suficiente que vai causar alguns movimentos internos de consciência e também os movimentos internos na mente e do corpo, e em seguida, vai doer. E isso vai ser frustrante. Você pode até ficar um pouco ou até mesmo muito doente, ainda mais confuso e mais preso do que nunca. 

Então eu vou pedir antes de irmos mais longe para dar uma boa olhada honesta dentro de si mesmo.

Você está realmente pronto para ir além dessa energia presa?
Você está pronto para ir além das vidas de falta, de carência?
Você está pronto para ir além da consciência do "apenas o suficiente"?
Você está pronto para dar a si mesmo? 

Tome um momento para se sentir dentro disso. 

(pausa) 

Eh! Imediatamente a mente diz: "Ah, sim, sim! Estou desesperado. Desesperado para seguir em frente". Mas, dito isso, se você estiver em qualquer tipo de falta neste momento em sua vida, ela está aí por uma razão. Você está permitindo a falta para servi-lo. Ela não está aí por causa de alguns aliens. Não está aí por causa de uma conspiração do governo. Não está aí porque você é estúpido. Nenhuma dessas coisas. Esta aí, porque de alguma forma ela está lhe servindo. 

Então dê uma olhada na maneira que a falta tem servido a você, como ele tem servido a todas as partes da vida. 

Agora, eu sei que você vai dizer, inicialmente, que, "Não, não, não, não. Eu estou realmente pronto e esta energia não está me servindo e não é minha". Mas você a adaptou, a adotou. Você a permitiu. Ela está aí. Você a deixou andar junto com você. Você deixou que ela seja um elemento primordial em sua vida cotidiana. 

Ela está lhe servindo. Ela está lhe servindo, talvez não da maneira mais agradável, mas em algum nível ela esta servindo você absolutamente. Como? Por quê? 

Sinta-se dentro dela, sem muita reflexão mental, mas sinta-se dentro desta falta, como ela está lhe servindo. 

(pausa) 

E mais do que qualquer coisa, como é que seria a sensação de não ter isso em sua vida?

(pausa) 

Vamos falar sobre a abundância hoje e muitos de vocês disseram: "Sim, sim. Isso é algo que eu gostaria. Tenho algumas contas para pagar. Eu tenho algumas coisas que eu gostaria de fazer". Mas, na verdade, a maioria de vocês ainda não fez uma escolha consciente. 

A maioria de vocês diz: "Eu não gosto dessa falta". Bem, isso não é uma escolha consciente.
Isso expressa um julgamento ou uma aversão e, geralmente, de uma forma muito inconsciente. 

Fazer uma escolha clara e consciente é estar no momento do Agora. Exatamente agora, bem aqui. Afirmando a si mesmo que você está pronto para receber os presentes que a vida, que a energia e que você tem a oferecer, sem nenhum “se”, “e” ou “mas”, sem desculpas, sem reter, sem qualquer reserva.

"Eu escolho a abundância". 
Ponto final. É isso aí.

Não é: "Bem, eu acho que sim" e "Se eu tivesse mil dólares". Nada disso, meus amigos. A escolha apaixonada e sincera é tão simples como dizer: "Eu escolho a abundância. Eu sou abundante". E não é uma coisa mental. Não é uma coisa mental. 

A propósito, você vai aprender, você vai descobrir que a abundância está no momento do Agora. 

Não há abundância no passado, e não há abundância no futuro.
Ela está somente no momento do Agora. 

Há aqueles que acreditam na abundância de acumulo de bens para o futuro. Portanto, eles colocam um monte de dinheiro no banco ou investem nos mercados, mas na verdade nunca a trazem para o seu Agora. 

Agora, esta é uma das questões que surge com tanta frequência. Existem essas pessoas ricas, e eles têm todo esse dinheiro no banco e que alguns de vocês estão mesmo com inveja. Mas o fato é, eles são realmente abundantes? Só porque eles têm um monte de dinheiro no banco não significa que eles estão vivendo abundantemente em alegria. Eles colocaram a abundância deles no futuro e não a estão experimentando no momento. 

Há alguns que têm abundância no passado, um monte de ótimas lembranças de coisas que aconteceram antes, talvez até mesmo de tempos que eram um pouco mais abundantes. Mas ela está no passado e vivem naquele passado, mas ainda o momento do Agora deles está cheio de falta. Eles continuam indo para o passado, indo para trás na história em vez de receber o dom da sua própria abundância no momento do Agora. 

Então esse é um ponto importante que eu vou pedir a querida Linda de Eesa para escrever isso no interessante quadro de escrever mecânico dela (um iPad). Levaram o meu quadro, de papel tradicional e madeira e agora eles me substituíram por um quadro de escrita eletrônico. Ah, eu adoro a tecnologia. 

LINDA: Você quer o de papel? 

ADAMUS: Não, isso te dá algo para realmente se focar. (algumas risadas) E ela ama isso. 

LINDA: Eu realmente amo. 

ADAMUS: Então, se pudéssemos colocar isso nas telas também. 

Assim, a abundância está no momento do Agora. 
Este é um ponto muito importante – abundância no momento do Agora. 
Não está no passado. Não está no futuro. 

Eu tenho uma implicância com workshops de abundância, porque geralmente eles são dados por pessoas que realmente não são abundantes, pelo menos no momento do Agora. Eles geralmente são dados por pessoas que estão desesperadas para a abundância deles mesmos.

Então, o que eles fazem?
Eles evocam um curso de abundância para fazer alguns dólares e então vão à falência depois. 

A maioria das aulas de abundância é mental. Mental. Elas se concentram em coisas como a visualização ou afirmação que vem da mente. Há pouca ou nenhuma paixão nas coisas que vêm da mente. Portanto, não atrai a energia. 

Existe a Lei da Atração. Interessante. É um bom passo. Mas ela está limitada em sua própria maneira, porque se for um exercício mental, você vai atrair coisas mentais. 

A verdadeira abundância vem da paixão. Próximo slide.

A verdadeira abundância vem da paixão. Paixão. A paixão de viver atrai energia.
E é isso que nós vamos obter nesta Clinica da Abundância. 

Houve tantas aulas de abundância que muitos de vocês tomam e talvez tenham resultados de curto prazo, em um dia bom. Resultados a curto prazo, mas se você realmente viver abundantemente após esses? Ou era o método ou esquema de outra pessoa? 

Mais uma vez, hoje eu vou passar por informações, mas eu estou realmente apenas distraindo para que você possa se sentir na abundância de sua alma, de modo que você possa ir além alguns dos equívocos sobre o dinheiro e sobre a própria abundância, de modo que você possa perdoar. 

Fizemos uma sessão maravilhosa ontem. Era sobre ProGnost. Estava falando sobre os próximos eventos mundiais, mas chegamos a ponto de falar sobre o perdão – perdoar a si mesmo, deixando o passado ir, tudo sobre ele. Não 80 por cento do passado, não 90 por cento do passado, mas de 100 por cento. E alguns diriam que é uma forma de negação, mas eu digo que isso está liberando energia presa de modo que agora você possa sentir o que realmente aconteceu no passado. 

No momento em que você perdoar a si mesmo, se libertar de equívocos e ilusões sobre qualquer coisa no passado, então você está em um tempo e um espaço e uma consciência de perdão, está em um lugar de dar a si mesmo, recebendo todos os presentes que a vida tem para oferecer. É simples assim. 

Vamos respirar profundamente enquanto vamos para o nosso primeiro segmento da discussão. 

Muitos de vocês estão familiarizados com algumas dessas informações, mas para os recém-chegados eu vou fazer uma revisão – muito importante, algumas noções básicas sobre energia e consciência. 

Consciência 

Primeiramente, próximo slide, próximo desenho.

Vamos ver como ela faz. Primeiro de tudo, nós temos essa coisa chamada consciência. Nós a simbolizamos com o circumponto ou o círculo pontilhado. Linda vai desenhar – sim, o talento artístico, um círculo interessante. (Adamus ri do desenho de Linda)

Isto é como o símbolo para a consciência. Isso é você. O ponto no meio conota a Fonte, a condição do Eu Sou, suas origens. O círculo de fora representa a expansão de sua alma que você tem feito através de todas as experiências e de todas as vidas. Muito simples. 

A coisa interessante sobre esta consciência ... a consciência, por sinal, é a conscientização.
Não é a inteligência, não é pensamento; é consciência, percepção. 

Esta consciência – você – não contém absolutamente nenhuma energia.
Há um grande mal-entendido sobre você como um ser de energia.
Você não é. Você é a consciência.

E quando você puder se ligar de volta nessa consciência, nesse núcleo, quando você puder superar pensamentos passados e até mesmo conceitos de energia e voltar à consciência, este é você. Esta é a paixão. Esta é a fonte. 

Então, por favor, tome um momento para se sentir dentro de si mesmo como um ser de consciência. 

Você tem um corpo, você tem uma mente que foram juntados por uma variedade de dinâmicas, tudo o que trouxe de energia. Mas você não é a energia, você não é seu corpo, você não é sua mente. Você é a consciência. Isso é tudo. 

Consciência não conhece o tempo. Consciência não conhece detalhes, fatos e números. Ela não precisa disso. Sua alma, sua consciência retira todos os detalhes – tempo, lugares e tudo o mais – e extrai a sabedoria de cada experiência que você teve. Se você considerar que ela seja boa ou má, a alma não se importa. Ela extrai a sabedoria e bebe neste gota dourada de néctar em seu ser e, em seguida, se alegra. Ahh! 

Não importa o que você pensa sobre a experiência ou no que você tem feito, a alma não se importa. Ela é só a sabedoria. 

Energia 

Próxima. Energia.

Energia está ao seu redor. Energia foi criada a partir da paixão da alma, fora da própria consciência. Ela a condensou. Compactou. Ela a apertou com tanta força sob enorme pressão, a bela pressão de paixão, que criou essa coisa chamada energia. E mandou essa energia para fora em criação para servi-lo. Você criou energia.

Não é mais a consciência. É energia, e está em todos os lugares. Não basta pensar em termos desta dimensão física, mas pense em termos de todas as dimensões. Há energia em todos os lugares. Há energia que está ligada exclusivamente a você, a sua alma, que é só sua, que nunca pode ser levada por qualquer outra pessoa, por um deus ou qualquer outro ser, nunca. É sua. É a sua energia da essência. 

Há outros níveis de energia – energia cósmica, energia cristalina e, finalmente, a energia da Terra – mas todas elas vêm da mesma fonte – a paixão da alma a experiência. 

Você traz energia para a sua realidade – você a usa para manifestar a sua realidade – o tempo todo, não importa o que estiver acontecendo. Mesmo quando você está sentindo a energia baixa, você ainda está trazendo energia. Você é como um ímã que atrai a energia, não através de seus pensamentos, mas através de sua paixão. 

Sua paixão é geralmente muito diferente do que os seus pensamentos. Quando fazemos o nosso novo workshop atualizado da paixão – você pode colocá-lo na lista, Linda – vamos falar sobre a diferença entre o pensamento e a paixão, e você vai ver que eles são muito, muito diferentes.

É por isso que, por vezes, quando você pensa que sua vida deveria ir por este caminho, sua vida realmente vai por aquele caminho, e você quer saber o que está acontecendo. Você diz: "Bem, os deuses devem estar pedindo por isso" ou as estrelas ou qualquer outra coisa, outras pessoas. Não. É simplesmente a diferença entre o pensamento humano e a paixão da alma que está causando essas diferenças em sua vida. Mas isso é uma outra sessão inteira. Vamos cobrar por isso. (algumas risadas)
Belo desenho artístico, querida Linda. 

LINDA: Eu estou trabalhando! Estou trabalhando nisso! Eu estou aprendendo. Estou aprendendo a usar isso. 

ADAMUS: Então não há energia em todos os lugares. A energia em sua essência é Campo Unificado de energia, um tipo disso. Está em tudo. Está em toda parte. Está no ar ao seu redor. Está em seu corpo. Mas quando você pensa em energia, você tende a pensar em energia física. Energia física. E na essência da energia física – ou a que você usa no planeta quando você pensa em energia e você pensa em combustível – você pensa em fogo.

É assim que este planeta é energizado e é realmente estranho e é muito, muito antigo e já era a hora disso mudar. Fogo. O fogo é a energia. Você queima coisas para criar energia para impulsionar seus automóveis, para alimentar suas usinas de energia para obter energia elétrica através dos fios. As coisas são queimadas e se não foram queimadas, elas colidiram, elas quebraram ou explodiram. Isso é energia neste planeta e é muito arcaico. 

Você vai olhar para trás, seja nesta vida ou além, e você vai dizer: "Agora, que estranho que ainda estávamos usando o fogo, algo que fizemos milhões e milhões de anos atrás, mas ainda como a nossa energia do núcleo”, ou o fogo ou explosão. 

É uma metáfora interessante. É um símbolo interessante dos tempos e um símbolo da consciência da humanidade. Você ainda está usando o fogo em sua própria vida, de uma certa forma. Em suas experiências de vida você ainda está usando explosões e colisões para criar energia em sua vida. Está tão arraigado em você, você não pode sequer pensar em qualquer outra coisa. E até eu mencionei há pouco, a maioria de vocês não estava consciente disso. É tipo,"Uau, está certo. Temos que quebrar as coisas juntamente para criar coisas novas". Não, você não precisa! 

A energia não precisa de colisão. 
Ela simplesmente precisa da consciência chamando-a para frente. 

Ela não tem que queimar quente. Não tem que esmagar ou colidir. Fogos, como já conversamos a respeito em algumas das nossas reuniões recentes, o fogo da paixão da alma não é um fogo quente. É um fogo frio. Mas, afinal, você vai descobrir que as coisas não precisam queimar para ter energia. 

A energia é atraída a partir da paixão da alma, a qual muitos, muitos poucos humanos realmente se ligam. Eles se ligam no drama. Eles se ligam no medo e, ocasionalmente, na alegria, mas muito raramente eles se ligam na paixão da alma. A verdadeira paixão da alma tem sido encoberta. Tem sido hipnotizada. Tem sido programada. Tem sido então colocada embaixo, esquecida e é realmente difícil tê-la voltando a se elevar novamente.

Mas, uma vez que ele faz, você nunca mais vai ser o mesmo.
Depois que ela faz, você terá tanta energia que você não vai saber o que fazer com ela. 

A propósito, uma questão exatamente veio de alguém e eu não vou responder a todas as suas perguntas telepáticas. Mas você diz: "O que é a Nova Energia? Se a Velha Energia está queimando e arde e colide, o que é a Nova Energia?"

Bem, é tudo ao seu redor e a Nova Energia é luz. E não pense em termos de lâmpadas, mas a Nova Energia é luz. Mas ainda assim você tem que combinar a escuridão, a escuridão com a luz. E eu não estou falando de suas forças do mal metafísico ou qualquer coisa assim. Eu estou falando sobre esse princípio, essa física da luz cósmica. Está em toda parte. Não é a luz do sol ou das lâmpadas.


A energia que foi ativada pela paixão torna-se leve e vem através das dimensões e vem através do cosmos. E a medida que ela chega cada vez mais perto e perto deste planeta, ela é basicamente segmentada para baixo ou é compactada para baixo. Mas, afinal, ainda é luz.

E essa é a verdadeira fonte de energia. Ela está em toda parte ao seu redor. Mas tem de ser combinada com a escuridão, a fim de criar o efeito da verdadeira energia. É tudo ao redor. Ela é grátis. Ela não tem que ser queimada. É fácil. Os físicos não a veem ainda. Eles não entendem muito bem a dinâmica da luz, porque estão procurando, principalmente, na luz visível ou na luz que cai dentro do espectro conhecido da ciência.

Mas, além disso, em uma frequência maior, pode-se dizer, está a luz verdadeira.
E essa é a energia, e ela está em todos os lugares. Está em toda parte. 

Mas voltando ao ponto – a energia está em toda parte ao seu redor. É – e eu vou dizer que esta é uma forma simplista – mas é, basicamente, de uma forma negativa e positiva. Isso não quer dizer bom ou ruim; são apenas duas forças diferentes. 

Ela é trazida pela paixão – trazida a esta Terra pela paixão da humanidade, trazida a você em sua vida pela paixão de sua própria alma – e ela é trazida em diferentes proporções de partículas positivas e negativas. "Partículas" – não é a palavra certa, mas a melhor que eu posso improvisar. E que flui em sua vida, flui em seu corpo, flui em sua realidade, e ela manifesta coisas como dinheiro e carros e alimentos e pensamento e frequência e vibração e tudo o mais que você vê em sua realidade. 

Esta luz é trazida para o que eu considero a dimensão mais densa em toda a criação – um grande feito trazê-la até aqui. Um grande feito observando como ela vem de outras dimensões, em sua forma pura de luz, agora recolhendo as partículas positivas e negativas, e ela desce a esta dimensão muito densa e se transforma em água e solo e ar e todas essas outras coisas – um fenômeno muito interessante. 

Agora, é importante ressaltar os princípios da energia a fim de entender a abundância. Lembre-se, você é consciência, você não é energia. Você não é esse corpo ou essa mente. Você é consciência, e na nossa segunda sessão de hoje, nós vamos entrar na consciência e paixão, deixar que você talvez sinta isso de novo. Isso começará a trazer muita energia e muita abundância. 

Uma Escolha 

Mas voltando à pergunta inicial, e você não tem que responder isso em voz alta, mas de volta à pergunta inicial – você está realmente comprometido com uma vida abundante, cheia de alegria? É a sua escolha de coração? Não uma escolha da mente, porque todas as suas mentes dizem:"Sim. Nossa! Estou neste aperto e eu tenho que obter algum dinheiro e eu tenho que pagar minhas contas". 

Nan, nan, nan, nan. Você está se divertindo jogando esse jogo.
Você realmente está. Oh, confie em mim, você está. 

A propósito, se há alguma coisa em sua vida – eu sei que alguns de vocês vão ficar com raiva de mim, mas se há alguma coisa em sua vida, se for falta de dinheiro, se for uma falta de amigos, uma doença ou qualquer outra coisa – ela está ai porque você quer que esteja. É. Eu sei, oh, alguns de vocês estão me xingando agora, mas você quer que ela esteja. Caso contrário, ela não estaria lá! 

Este é um dos princípios muito simples de existência espiritual. Se ela está ai, você deve querê-la ai. E você diz: "Mas não, eu não quero isso." Bem, sim, na verdade, você quer, porque você não quer a alternativa. Então, você está colocando em algo que pode ser um pouco desconfortável.

Você não quer a alternativa. Você não quer a verdadeira abundância. Por quê? Porque você tem que acordar. Você não quer a verdadeira saúde. Por quê? Porque então você não pode ser uma ... posso usar palavrões? 

EDITH: Não 

ADAMUS: Não, obrigada, Edith. (algumas risadas)

Então você não poderia mais ser uma vítima maldita. Como foi? Foi leve o suficiente? 

Sim. Então você não poderia mais ser uma maldita vítima. Sim, sim, sim. Eu sei que você está dizendo: "Não, mas isso não é minha culpa". Sim, na verdade, se há em sua vida, ela está servindo a um propósito. Ou, pelo menos, então você não tem que enfrentar a alternativa. 

E se a vida fosse realmente abundante e realmente fácil?
E se você tivesse uma tremenda quantidade de energia? E se? 

Bem, significaria que você não poderia jogar mais os jogos. Você não poderia mais ser a vítima. Você não poderia andar por aí mais com a mentalidade do "pobre de mim". Você não teria nenhuma desculpa. Você teria que ser um Mestre encarnado. 

LINDA: Umm. 

ADAMUS: Você teria que ser Deus vivo. Isso é muita pressão, mas não realmente. (Adamus ri) 
Portanto, antes de seguirmos adiante, eu quero ir até o fim. Eu gosto de fazer isso. Em vez de tomar esta progressão linear, vamos simplesmente ir até o fim. 

LINDA: Novo slide? 

ADAMUS: Ainda não. Eu gosto desse slide. Tão artístico. (risos) É um menino ou uma menina? Há ...

LINDA: Eu ia ... você está lendo minha mente! Eu não tinha certeza ... 

ADAMUS: ... sugere que pode ser um menino. 

LINDA: ... e eu parei abruptamente. Você quer que ele seja um menino? 

ADAMUS: Se pudéssemos mostrar isso na tela por um momento.
(risadas quando a tela mostra o desenho do boneco de Linda)

Eu não tenho certeza. 

Vamos – obrigado. Vamos agora para o final, porque é realmente como as coisas funcionam. Você vive no tempo. Você vive em ... (mais risos como Linda transforma a figura em um menino) Vamos tirar isso fora da tela. (mais risadas) 

A Hora da Verdade 

Você está programado para uma realidade linear – hoje, amanhã, no dia seguinte, no dia seguinte – e as coisas progredindo. Mas, na verdade a vida real mais além da consciência da Terra, não é realmente assim. Ela não é nada disso. Não existe o tempo. Você pode ir até o fim e, em seguida, voltar para o começo. Eu chamo isso de Efeito Merlin.

Está basicamente dizendo: "Vamos para o ponto em que esta Clínica é feita, onde algo tocou você profundamente, você se tocou profundamente". Eu talvez esteja ajudando a inspirar um pouco, mas distrair mais do que nada. 

Algo realmente tocou você. Algo realmente deu um clique e, de repente, você percebe que é hora – hora de viver em abundância, é hora de sair de sua maldita cabeça, é hora de parar de pensar em abundância e hora de parar de dar desculpas sobre a abundância, hora de parar de deixar outras pessoas influenciarem a sua falta de abundância, tempo para tudo isso acabar. Você liberou isso. 

Tome um momento.
Tome uma boa respiração profunda. 

Nós terminamos.
Tudo está feito.

Você já teve aquele profundo momento comovente que você estava esperando ter. E o engraçado é que ele não tem de ocorrer durante esta Clinica. Pode ocorrer uma semana depois. Realmente não importa. Mas você teve esse profundo momento tocante. 

Ele preenche o seu corpo. Você tem esses arrepios de cima para baixo de seu corpo. Você está quase horrorizado ou espantado com o quão simples foi, mas o quão difícil você realmente fez disso. De repente, todas as partes e peças parecem vir juntos. De repente, você percebe o quanto você viveu uma vida de falta de abundância e é como um terno velho e cansado. É hora de transformá-lo. Está na hora de doá-lo, pelo menos a energia dele, para outra coisa mais. 

Agora você está em um ponto crucial aqui, porque você tem a compreensão. Você tem a consciência de que você pode não ter tido claramente antes. Você está em um ponto crucial, porque agora você tem que tomar essa decisão real. 

Você tem a consciência, a percepção de que você não precisa mais disso, mas algo está prendendo você. Alguma coisa. Parece ser algo ainda preso, como um efeito elástico, um elástico grande em torno de você que parece puxá-lo de volta. São estas vozes do passado. São as vozes da falta. São as vozes da culpa.

"E se eu tiver mais do que as outras pessoas têm? E se eu tiver que viver abundantemente? E se eu tiver que sair da minha concha interior? E se eu tiver que emergir como um verdadeiro Mestre encarnado?"


Então, essas questões que você enfrenta neste momento. O que fazer? 


Bem, eu vou estar lá com você nesse momento, se o momento for agora ou mais tarde, e a única coisa que eu não vou deixar você fazer é procrastinar. Em outras palavras, dizer a si mesmo:"Oh! Que momento incrível. É como ter tanta clareza. Está tudo aqui. Eu tenho a sabedoria, mas o que eu faço? O que eu faço?" 

Então, eu vou estar lá com você, dizendo: "Você tem que tomar uma decisão agora". Não mais, dizendo: "Eu não sei". Isso não funciona. Não mais dizendo: "Eu vou pensar sobre isso". O pensamento simplesmente está fedendo. Não mais procrastinar. Ou você quer fazer ou não, e eu não me importo. Eu não me importo. Os outros seres angélicos não se importam. Sua família não se importa. Ninguém se importa com qual decisão que você toma. Só você. 

Até mesmo os seus aspectos, seus aspectos de vidas passadas, eles meio que não ... bem, eles se importam. Na verdade, eles estão indo tentar influenciar você para apenas pensar sobre isso, porque você percebe que uma vez que você tomar a decisão de avançar para a abundância, eles têm que se integrar de volta com você. Eles não podem mais jogar os jogos deles. Você não pode ter todas essas charadas acontecendo. É hora de cair na real. 

Então aqui estamos nós, neste momento da verdade, neste momento de decisão. O que fazer? Você é pego no pensamento. Isso é muito natural ser pego no pensamento. Você fica confuso. Você fica nebuloso. É como, "Oh, eu fiz o curso de abundância e eu não tenho certeza. O que ele me disse para fazer? O que eu devo fazer agora?" Você para. Você faz uma respiração profunda, e você se sente dentro da paixão da sua alma. 

(pausa) 

Isso lhe dará a resposta certa e logo aí, essa paixão da alma, e você vai senti-la. Eu não quero colocar palavras em sua cabeça, mas você vai sentir a alma dizendo: "Eu quero viver. Quero experimentar. Eu quero ir além de apenas o suficiente". E você faz uma respiração profunda e toma sua decisão, ou, "Eu sou abundante" ou "Eu vou voltar e jogar o velho jogo por um tempo". Mas por favor, não diga: "Eu não sei" ou "Eu vou pensar sobre isso". 

É tão simples nesse momento, tão simples quanto dizer: "Eu escolho a abundância". Buum! 
Ok, vamos voltar agora para cá. É simples assim. 

Percepções (Equivocadas)

Agora, vamos falar sobre algumas das percepções sobre a abundância – Linda, um novo slide – percepções, e na verdade percepções equivocadas. Mas são coisas em que você se segura, elas são sistemas de crenças que estão enraizados. Nós não vamos lutar contra esses sistemas de crença. Nós não vamos tentar superá-los ou lutar com eles. É apenas sobre estar ciente de alguns sistemas de crença simples, simples. 

Número um da lista. Isto é percepção. (para Linda) Intitule-a percepções. E – bem, eu irei expor algumas e depois vou pedir a sua colocação – mas percepções sobre dinheiro. 

~ O Dinheiro é Limitado 

Uma delas é que a energia ou dinheiro é limitado. Limitado. Quero dizer, você viveu assim. Você já ouviu seus pais dizerem: "Bem, nós não temos dinheiro suficiente para comprar-lhe isto ou comprar-lhe aquilo. Nós não temos dinheiro suficiente para pagar a sua faculdade. Você tem que se precaver sempre para os dias difíceis".

É como se houvesse uma limitação para a energia - e realmente não há. Há mais energia na minha mão – na mão de Cauldre – agora, há mais energia em sua mão para alimentar toda esta comunidade por meses, e esta é apenas uma pequena parte de toda a criação. Você pode imaginar toda a energia?


Há tanta energia que se todos os seres de alma em toda a criação usassem a quantidade máxima de energia que pudessem possivelmente imaginar, eles iriam apenas usar uma pequena fração de toda a energia que está disponível, porque a energia veio originalmente da paixão da alma, e essa paixão da alma é tão grandiosa. Há exatamente uma enorme quantidade de energia.

Você nunca poderia usar a quantidade de energia em sua vida que você pudesse imaginar. Você nunca poderia usar a quantidade de energia em sua vida que faria um pequeno, pequenino minúsculo recortezinho na energia que está disponível no planeta. Então acabe com isso. Há uma grande quantidade de energia lá fora, em todos os lugares. 

Você nunca vai tirar energia de outra pessoa ou privá-los da energia deles. Não é este tipo de consciência de mártir que alguns de vocês têm. "Bem, se eu uso muito, estou privando alguém". Não, você não está. Há uma grande quantidade de energia. 

~ O Dinheiro é a Raiz do Mal 

Ok, outra percepção ou, melhor dito, percepção equivocada: A energia é a raiz de todo o mal. Quem inventou isso? Muito simples. Pessoas que queriam controlar. Pessoas que eram ricas disseram isso. (algumas risadas) 

LINDA: A energia é má? 

ADAMUS: O dinheiro é a raiz de todo mal. O dinheiro é a raiz de todos os males, mas isso é colocado em seu cérebro. É uma camada hipnótica, e depois é só você acreditar nela. Mesmo se você não se lembrar dela, mesmo se você não estiver pensando nisso conscientemente, mas o dinheiro é a raiz do mal. Foram as pessoas ricas que vieram com essa.

Muito inteligentes, essas pessoas ricas, para dizer isso, ou organizações ou grupos ou igrejas ou qualquer outra coisa, porque, "Uh, rapaz. Se todos tiverem a grana, eles vão querer tomar a minha, e eu não vou ser o cara rico. Eu não vou estar no topo da montanha. Então, eu vou dizer que o dinheiro é a raiz de todo mal". Mas não é.

Dinheiro, abundância é simplesmente presentear a si mesmo.
Simplesmente dar a si mesmo - e não se sinta egoísta sobre isso. 

O verdadeiro Mestre na Nova Energia, o verdadeiro professor da Nova Energia deve ser descontroladamente abundante, deve ter um bom carro que não quebre. Você não tem que ter um Rolls Royce com motorista, embora seja uma coisa legal, mas pelo menos um carro que não quebre. Você deveria poder comprar um carro novo a cada ano, a cada dois anos, a cada três anos. Você não deveria estar dirigindo uma ruína. 

Pense nisso desta maneira. Pense nisso. Você tem uma responsabilidade, porque você disse que deseja ser Mestre incorporado. Você vai ser o padrão, um Standard para os outros. Eles vão estar olhando para você. Eles vão estar olhando para que tipo de exemplo você está definindo. Eles vão estar olhando para ver se você é real. E se você aparecer com um carro batido, enferrujado, fumacento e que faz muito barulho, isso vai absolutamente excluí-los, porque isso não é o que eles aspiram a ter. 

Roupas. Alimentos. Uma bela casa. Vai ser difícil viver como um Mestre encarnado neste mundo da Velha Energia. Há muita vibração grosseira lá fora, e ela vai ficar mais áspera. Estes próximos anos vão ser muito difíceis. Você quer uma casa para a qual você pode ir – ou um apartamento ou o que seja, mas eu meio que gosto de casas – com a natureza, com um belo jardim que é todo seu, onde pode se dedicar a jardinagem, onde você pode cavar, onde você pode fazer o que for. Você vai precisar disso para o seu rejuvenescimento. 

Se você mora em um apartamento barulhento com vizinhos barulhentos e você não consegue encontrar uma vaga de estacionamento e o prédio as pessoas não cuidam das questões de manutenção, isto te esgota. Isto te cansa. Isto te lança de volta para uma dinâmica muito antiga.

Então, eu quero que você tenha uma boa casa – uma casa muito agradável – com mobiliário agradável, porque quando eu venho para visitar, eu não quero me sentar em alguma cadeira velha, cadeira suja. Coisas velhas carregam um monte de Velha Energia e velhas vibrações. E não, eu simplesmente não gosto disso. Então, sim, você vai entender se eu ficar do lado de fora da porta. É a hora de exatamente obter alguns móveis novos. 

Você precisa ter dinheiro para que você possa acessar instantaneamente as companhias aéreas e reservar um bilhete de primeira classe para algum lugar, porque você é necessário. Sua luz é necessária em algum lugar do mundo, em algum lugar, mesmo na mesma rua. Você precisa ser capaz de viajar com conforto. Não é excesso. Não é nada. Todo mundo deve viajar na primeira classe, mas um monte de pessoas estão escolhendo não fazer isso. Você deve viajar da maneira que está se tornando um Mestre. 

~ Mestres são Pobres 

Por favor – a próxima percepção equivocada, por sinal, é que o Mestre é pobre. O Mestre não tem pertences físicos, porque essas coisas são ruins. Eu duvido. Eu duvido. Eu tinha muitos palácios. Não apenas pequenos apartamentos, e não apenas um pequeno casebre em algum lugar. Eu não vivi em casebres. Tive castelos e tive servos e eu estava orgulhoso de ter servos. 

Adivinhem? É apenas o Mestre que pode estar em serviço. Todo mundo mais é apenas um servo, o que significa que o Mestre está no nível mais verdadeiro de serviço sem agenda, com total compaixão, mas no nível mais verdadeiro. E o Mestre permite que todas as energias o sirvam. Você pode escrever isso. (para Linda) Esta não é uma percepção equivocada. 

LINDA: Em um novo slide? 

ADAMUS: Claro. 

Eu já disse isso antes, em nossos grupos, mas o Mestre permite que a energia o sirva. Esta é a definição de graça – permitir que a energia o sirva. Eu tive servos. Eu estava orgulhoso disso. Eu os pagava bem. Eu os tratava muito bem. Eles tiveram a sorte de estar na minha presença, e isso não é uma piada. E eu quero que você comece a sentir isso. Eles tiveram a sorte de estar na minha presença, pois eu estou constantemente, como você estará constantemente fazendo, irradiando a luz do amor, da compaixão, do equilíbrio. 

Então, sim, de fato, qualquer um com que você entrar em contato com é abençoado. Há uma bênção automática que está lá. Bênção automática. Você nem precisa fazer nada; apenas eles estarem na sua presença. 

Então, meus queridos amigos, vocês querem ser abundantes.
É verdade, eu vou dizer, uma exigência do novo Mestre encarnado. 

Essa coisa toda do Mestre, do guru estar sem posses, isso foi para uma era passada do passado, uma era passada. E alguns deles fizeram isso, porque eles foram desafiados ... eles sentiram que as alegrias da vida física eram uma distração. 

Havia uma consciência na época que o físico era ruim, que o corpo é mau, que ele vai fazer coisas como comer e fazer cocô e ter relações sexuais e todas as outras coisas. Então, houve uma negação do corpo. Mas cada um deles – cada um deles, incluindo Kuthumi e Buda e todo o resto deles – veio a perceber que o corpo é para ser amado e integrado e apreciado e ter prazer com ele. Não era para ser negado. Bens materiais são para serem apreciados. 

Alguns de vocês já tiveram experiências de vidas passadas, onde vocês foram muito ricos, e vocês abusaram do poder, e vocês se sentiram muito culpados por isso. Você era tão abusivo. Não era o dinheiro. Foi o seu poder. Talvez o dinheiro fosse o poder para o jogo de poder, mas você agora cortou o fluxo de dinheiro, porque você está com medo de que você vai abusar dele.

Eu posso te dizer agora que você não vai, mesmo se você tentar. Você não pode. Você simplesmente não pode. Quando você chega a um ponto de consciência, você não pode mais abusar. É ofensivo. É terrível. Você não gostaria de fazê-lo.

Você vai ter um monte de abundância e você vai compartilhá-la – não por culpa; você está indo justamente para compartilhá-la porque ela continuará fluindo para você. E você não vai abusar dela. Você tem muita consciência agora sobre coisas como poder. O poder é uma ilusão (*). Você não precisa de poder. O poder é para as pessoas que não percebem que tudo já está no interior.

*) ADAMUS - ADEUS AO PODER







LINK YOUTUBE

Requisito de Inteligência 

Outras percepções equivocadas sobre a abundância, ou vamos falar apenas... dinheiro. Outra. Você tem que ser inteligente. Você tem que ter uma boa educação. Você tem que vir de uma boa família ou tem que entender de finanças. De modo nenhum. De modo nenhum.

Na minha vida, minha vida passada como St. Germain, eu participei das Escolas de Mistérios, quando eu era muito jovem, mas não havia muito o que vocês chamariam de educação regular. Eu aprendi a matemática, mas mais em um nível cósmico, não no nível mundano da Terra. Não fui educado em finanças de modo algum. 

Eu nunca na minha vida como St. Germain tive um trabalho. Que terrível. Que nojento. (risadas) Verdadeiramente. Repugnante. Eu não podia imaginar, e eu brinco às vezes – mas não é piada – para mim o epítome da mediocridade é ter um cartão de visita, um cargo, aquele que você é um gerente de nível médio. Você trabalha em um cubículo. Você é um gerente de nível médio.

Meu querido Deus, eu pensei que a minha prisão de cristal de 100 mil anos foi difícil(*).
Mas eu acho que um gerente de nível médio preso em um cubículo é ainda pior. (algumas risadas) 

(*) Nota Stela - leia mais sobre a prisão de cristal, clicando aqui  e tambem aqui

Eu nunca tive um emprego na minha vida. Nunca trabalhei para ninguém. Não que haja algo de errado com empregos ... bem, sim, há um tipo. Você vai acabar trabalhando para si mesmo. E isso não significa sair e deixar o seu trabalho hoje, mas você vai. Quando sua consciência vem por aí, você vai acabar por ser o seu próprio patrão. 

Nunca tive um emprego, mas eu tinha muito dinheiro, um montão de dinheiro. Eu na verdade – esta é a primeira vez que eu contei essa história – mas eu realmente não me lembro de onde veio o dinheiro. Agora, não é estranho. Eu tive o que seria considerado hoje, eu teria sido um bilionário, multibilionário naquela época. Eu não trabalhava. Não me lembro de onde veio o dinheiro. Eu nunca estive em divida com ninguém. Eu suponho que as pessoas me deram dinheiro ou coisas. Não me lembro.

Mas eu não estava em dívida com eles. Eu não era escravo deles. Se eles me deram grandes somas de dinheiro, eu não sei. Eu não tinha ninguém para administrar meu dinheiro para mim, mas ele estava sempre lá. Eu andei em carruagens elegantes. Por que não? Eu tinha os melhores cavalos. Cavalos amados. Refeições, eu comia principalmente aveia moída com mel e nozes, mas eu pude proporcionar enormes banquetes, e eu lancei grandes festas com o melhor vinho francês. Só vinho francês.

Mas ainda assim, eu não sabia de onde o meu dinheiro veio. Eu não poderia mesmo manter o controle de todas as minhas terras, minhas propriedades. Eu não me senti nada culpado por isso. E você iria se sentir culpado. Imediatamente você começaria a colocar limites, dizendo: "Bem, eu só posso ter dois castelos, e eu tenho que saber os nomes de todos os meus servos. Oh, eu não posso ter servos". Sim, você pode! Chame-os de funcionários, é a mesma coisa. Mas trate-os bem, obviamente. Trate-os bem. Pague-os bem. Pague-lhes realmente muito, muito bem. 

Então, queridos amigos ... 

LINDA: Você parece como Forrest Gump. (Adamus ri) 

ADAMUS: Então você não tem que ter a educação, inteligência, fundo financeiro. Na verdade, é um pouco de um obstáculo, porque então você fica muito intelectual sobre o assunto. Você se limita antes de você ir. Você para o fluxo. Você não precisa disso. Não importa se você nunca se formou no colégio. Não importa se você não sabe nada sobre negócios. 

Você sabe o que? A abundância não sabe nada sobre negócios.
A consciência não dá a mínima para negócios. Você não tem que ter esse fundo. 

Há aqueles que dirão o que você faz – "Para ganhar dinheiro você tem que trabalhar duro"

Essa é mais uma na nossa lista. Você não tem que trabalhar duro! Talvez você queira trabalhar duro. Você não tem que trabalhar duro. Você provavelmente vai ter que fazer alguma coisa. Em outras palavras, você não pode simplesmente sentar-se no trono, em seu castelo o tempo todo. Bem, você poderia, mas você vai ficar bem entediado. Você vai querer se levantar e, assim, fazer um esforço para entrar em sua carruagem, ou neste caso, um carro de luxo, e conduzi-lo para a rua, a menos que você tenha um motorista. 

Mas você não tem que trabalhar duro. Acabe com isso. Isso foi incutido em muitos de vocês por pais e professores. Não, e você não tem sequer que trabalhar de forma inteligente. Você apenas tem que deixar que essa abundância flua. Isto é tudo. Isso é tudo. Sem se sentir culpado por isso, sem sentir vergonha, sem pensar se você merece ou não. 

Outras percepções equivocadas sobre o dinheiro, o que elas são?
Quais são alguns dos seus equívocos? 

~ O Espiritual Deve Ser Gratuito 

Que tal aquele que está sentado em frente de você agora, esse que – está ligado em alguns daqueles outros de que falamos – mas se você está fazendo um trabalho espiritual, você não pode cobrar por ele. 

LINDA: Oooh! 

ADAMUS: Isso é doentio! Isso é apenas simplesmente e nojentamente doente. E quem está dizendo isso? São as pessoas, sem qualquer dinheiro que querem se alimentar de você, que estão manipulando você. Que estão dizendo: "Bem, mas este é um trabalho espiritual. Deve ser gratuito". Eu duvido.

Deveria ser mais caro do que qualquer coisa neste planeta. Deveria ser a coisa mais cara, e você deve fazê-los querer tanto que eles manifestam o dinheiro por um milagre. 

Eu sei que muitos de vocês, você tem problemas de manifestar dinheiro suficiente para uma refeição às vezes. Mas ainda assim, se há realmente um curso que você deseja ir, é muito estranho. E de repente o dinheiro está lá, e você fica tipo: "Como foi que apareceu? De onde veio isso?"

E então você faz o curso. Você já parou para sentir? Foi a paixão! Você diz: "Oh! Eu tenho que fazer esse curso!" É também um pouco de um vício, um pouco de uma doença que você tem que fazer esse curso. Não, você não tem. Não, mas pelo menos ele lhe mostrou uma coisa. Com um pouco de paixão, você pode manifestar. Mas depois que você voltou para os velhos padrões, volta para os velhos padrões 

Espiritualidade – Eu não me importo o que é, espiritualidade ou qualquer coisa que você faz, se você é um carpinteiro, se você é um contador ou qualquer coisa – cobre muito por isso. O que quer que você estiver cobrando agora, se você estiver fazendo um trabalho independente, por favor, dobre o preço antes de terminar hoje. Por favor dobre suas taxas.

"Oh! Como eu poderia fazer isso", você diz. "As pessoas mal estão dispostas a pagar". Bem, então você tem as pessoas erradas. Você realmente tem as pessoas erradas que querem o seu serviço. E há um monte de alimentação acontecendo, e você acha que tem que ser barato ou você doá-lo. Então você arranja as pessoas que realmente não querem a mudança. Eles só querem se alimentar de sua energia. 

Caia na real sobre isso. Eles não te amam. Eles só querem se alimentar de você. E eles dizem: "Você é o melhor professor que eu já tive. Se não fosse por você, eu não acho que eu poderia ficar neste planeta". Argh! Porque uma vez que eles se cansam de você, se desgastam de você, eles vão descer a rua para o outro facilitador barato e drená-los, e depois o próximo e o próximo. E eles vão esquecer o seu nome até o final do dia. 

Dobre seus honorários, tenha um pouco de autoestima e então, depois disso, dobre-os novamente. E você vai achar que de repente você está atraindo – grande palavra, atraindo – as pessoas certas, e eles estão dispostos a pagar por isso. E de repente você é abundante e de repente você é um professor melhor e de repente você pode lhes dar ainda um melhor conselho que não leva anos e anos e anos de terapia. Você pode fazer uma transformação com eles, se eles estiverem dispostos, fazer uma transformação – em um piscar de olhos! – Assim mesmo. 

E então alguém vai começar a reclamar e dizer: "Bem, só tomou cinco minutos para que você possa mudar a minha vida, mas puxa você simplesmente cobrou dois mil dólares". E você diz: "Sim, da próxima vez vai ser dez mil".(algumas risadas) 

~ Isso Significa Ganância

Há uma dinâmica nisso, e não tem nada a ver com a ganância. Essa é uma outra percepção equivocada – você tem que ser ganancioso se você quiser dinheiro. Você é uma pessoa gananciosa. Não, você não é. Você é uma pessoa sábia. Você é uma pessoa que está curtindo a vida. Se os outros não optaram por ter abundância, não escolheram aproveitar a vida, é problema deles, não o seu. Você está escolhendo aproveitar a vida. 

Esta provavelmente vai ser uma das últimas vidas, provavelmente a última vida, para muitos de vocês neste planeta. Cara, se eu fosse você, e eu era, eu queria que ela fosse abundante. Eu gostaria de viajar. Eu queria uma casa agradável. Eu gostaria poder doar as instituições de caridade, quando eu quisesse. Eu gostaria de poder oferecer festas suntuosas para os meus amigos. Eu gostaria de fazer isso não porque eu estou sendo ganancioso, ou sendo arrogante.

Mas eu gostaria de fazer isso, porque (a) esta é a minha última vida neste planeta, eu quero sair pela direita; e (b) Eu quero deixar um exemplo brilhante de uma vida abundante para que outros possam seguir o exemplo. 

Vamos fazer uma boa respiração profunda. 

Vamos fazer um intervalo e vamos voltar e falar sobre os padrões e, em seguida, nós vamos passar para a paixão da alma. 

Eu sou sempre abundante e sempre presente. 

E por falar nisso, eu tenho que mencionar. É um pouco difícil para mim – um pouco difícil, eu tenho que dizer – quando você me chama, me convida para ir a sua casa e bem, ela não é tão elegante quanto o que eu gostaria. 

Então, com isso, Eu Sou Adamus, em serviço. 

LINDA: Então, por favor, apenas façam algumas respirações profundas e fluam com a consciência, a energia que Adamus está fluindo para nós, que flui para cada um de nós. 

Somente tome esta respiração profunda.
Reflita sobre o que você ouviu, o que você sentiu.
O que isso significou para você. 

Basta estar com a respiração, permanecer com o fluxo.
Apenas permitam que a energia se mova e flua com cada respiração. 

E assim é. Obrigado. 

Clínica da Abundância 
Sessão 2 

LINDA: Eu convido a cada um de nós para estar no fluxo deste momento do Agora, a respiração. A respiração profunda e consciente é o fluxo. É o fluxo de energia, o fluxo de ar, de vida, de tudo o que cada um de nós é. 

Então, por favor, neste momento do Agora, se você estiver sentado nesta sala ou se você estiver em qualquer lugar ouvindo isso, não importa onde estivermos, respire neste momento do Agora, porque isso é tudo o que importa é a nossa respiração e este momento do Agora, sempre. 

Então, respire e flua.
Respire e convide Adamus se aproximar, se você escolher. 

Respire com tudo o que você é, se abrindo e se desdobrando nesta experiência, neste momento do Agora. 

Respire. 

ADAMUS: Eu Sou o que Sou, o eterno Adamus. 

Vamos continuar com a nossa Clínica da Abundância. Vamos voltar para as percepções, ou na verdade as que são realmente percepções equivocadas. Linda, vamos precisar de você escrevendo neste tablet mais uma vez. 

LINDA: Oh, é um prazer! 

ADAMUS: Nós conversamos sobre a consciência e o fato de que você é consciência, você não é energia. Nós conversamos sobre o fato de que há energia em todos os lugares ao seu redor. A energia não é apenas coisas que são físicas ou coisas que explodem. Mas há energia em formas que você nem mesmo está ciente. Mas ainda ela esta servindo você. Ela esta aqui, sempre disponível. 

Ela é atraída pela sua paixão. Atraída para a sua vida pela sua paixão. Realmente não é dada por outros. Não há Conselho Angelical da Abundância que decide se você é digno ou não. Deus realmente não se importa de uma forma ou de outra, desculpe, mas não se importa se você é abundante ou não. E sua alma – sua alma realmente não se importa como o ser humano faz, porque para a alma você está apenas passando por uma experiência rica, não importa o que seja.

Outra Percepção Equivocada 

A próxima e última percepção equivocada e, talvez, a mais importante para você considerar é quando você diz: "Eu não sou abundante." 

LINDA: Mmmm. 

ADAMUS: Realmente vocês são... completamente. Então, é "Eu não sou abundante" (para Linda). Ouvi isso de muitos de vocês, dito de maneiras diferentes. "Eu não tenho dinheiro. Eu não tenho isso. Eu não tenho aquilo". Mas você está realmente dizendo: "Eu não sou abundante" e, portanto, é isso exatamente o que você atrai. 

Você realmente atrai uma abundância de falta. Você pensa em termos de abundância como apenas riqueza talvez, ou talvez amor ou amizade ou coisas assim, os bens materiais. Mas cada um de vocês é abundante. Talvez não da maneira que for mais confortável para você como humano, mas cada um de vocês é abundante. 

Eu tenho aqueles que vem a mim, falam comigo durante a noite ou quando estão dirigindo na estrada ou apenas me xingam e dizem: "Adamus, eu não tenho um emprego. Eu não sou abundante" E eu digo a eles – mas eles não podem ouvir muito bem às vezes – eu digo a eles:

"Você tem uma quantidade enorme de abundância. Você tem uma abundância de tempo, particularmente em comparação com aqueles que têm empregos, que têm de trabalhar um determinado número de horas. O que quer dizer que você não é abundante? Você é tremendamente livre. Você não tem que ir para o trabalho em um horário agendado todos os dias. Você tem o dia inteiro totalmente aberto para si mesmo. Isso é uma tremenda abundância".

Na verdade, a única coisa que eu considero uma das mais valiosas de todas é o tempo.
Tempo. E aqueles que não estão trabalhando tem tempo de sobra. 

Há aqueles que dizem: "Adamus, eu tenho uma doença física. Eu tenho alguma doença ou deficiência." Você tem uma abundância de falta de saúde física, uma abundância enorme. Que experiência ter esta abundância de problemas físicos. Talvez não seja mais o que você quer. Talvez você esteja cansado disso.

Mas também peço a você – e você nem sempre está tão feliz – eu digo "Talvez você esteja usando isso como desculpa". Oh, você me deixa louco com isso. 

Você tem uma abundância – se é uma abundância de amor dos outros ou uma abundância de nenhum amor dos outros; uma abundância de amor por si mesmo ou talvez uma abundância de nenhum amor de si mesmo. Mas seja o que for, é uma abundância. Você tem um monte dela. Talvez uma abundância de dor, uma abundância de dúvida e confusão, mas você sempre tem abundância. 

Então vamos acabar com essa coisa toda de dizer: "Eu não sou abundante" ou "Eu não sou rico" ou "Eu não tenho muita energia". Oh, não, não, não. Você tem um monte de energia. Você tem um monte de abundância, e talvez seja liberdade ou tempo ou falta de responsabilidade. Muitos de vocês que não estão fazendo nada e reclamando sobre isso, vocês não tem muita responsabilidade. Vocês podem fazer o que quiser. 

Vamos acabar com essa coisa toda de dizer que você não tem abundância. Você tem uma quantidade enorme dela. É muito mais uma questão de onde você quer canalizar essa abundância? Para onde você quer direcionar essa abundância em sua vida? E você, como um ser de alma pode fazer isso. Para onde você quer que a energia vá? 

E eu volto a uma das minhas declarações iniciais: Se há algo em sua vida neste momento, ela deve estar servindo você. Você deve desejá-la aí, caso contrário não estaria aí. Ninguém mais a está colocando aí. Ninguém está forçando você a aceitar algo que você acha que não quer. 

Então você tem uma quantidade enorme de abundância, mas onde você está indo canalizá-la?
Onde é que você vai colocar essa energia? 

Agora, isso esta colocando alguns de vocês em cena aqui, e eu os ouço começar a dizer: "Mas, mas Adamus, você não entende". Eu entendo. Eu entendo que você está envolvido em um jogo muito interessante e profundo e emocional de algum tipo. É por isso que eu disse antes, como é que a vida seria diferente se você tivesse muito dinheiro ou muito amor ou um monte de saúde?

O que você teria que liberar?
O que você teria que mudar na sua vida?
E você está realmente disposto a fazer isso?
Você está realmente disposto a ir para o próximo passo? 

Pode significar passar por algo que trouxesse uma mudança de vida. Isso pode significar ter de se livrar dos parasitas que estão na sua vida alimentando-se de você. Eu estou falando sobre os membros da família e amigos. É verdade. Isso pode significar ter que deixar ir o que você chama de sua relação de amor, que na verdade não é. É uma cármica – em muitos casos – uma relação cármica, e é uma de alimentação e é um dos jogos de poder. 

Isso pode significar abrir mão de algumas coisas. E é aí que, muitas vezes, nós batemos nessa grande pedra no caminho. Você diz: "Bem, não, eu quero abundância, mas não posso, possivelmente me livrar dessas outras coisas. O que essas pessoas farão sem mim? "

Bem, eles vão se alimentar de outra pessoa ou você iria se alimentar de outra pessoa. 

A Questão 

Então, isso realmente traz essa questão. Você tem um monte de abundância em sua vida. Você pode ter uma abundância de drama. Você pode ter uma abundância de tédio, mas você tem abundância. Agora – agora – você a tem. 

Veja você, eu nunca tive que dá-la a você. Você já a tem.

O que você vai fazer com ela? 
Você vai continuar a jogar os mesmos jogos?
Você vai continuar a me dizer como você não tem dinheiro?

Você vai continuar a usar problemas de saúde ou problemas de energia ou quaisquer outros problemas em sua vida? Você vai continuar a dizer que você tem que cuidar das crianças, da família, do mundo, dos golfinhos e tudo o mais? Você vai continuar a vir com desculpas ou você vai imaginar ou permitir algo melhor ou diferente em sua vida? 

É sempre onde chegamos em nossas discussões/argumentos do nosso estado de sonho. Nós temos longas, longas discussões sobre isso, e eu digo a mesma coisa. Eu digo: "Você tem abundância. O que você vai fazer com ela? Para onde você quer direcioná-la?" E então eu recebo, "Bem, eu não sei". E então eu vou embora, por sinal. Quando eu ouço você dizer isso, eu saio. Eu vou embora.

"Eu não sei" ou "Deixe-me pensar sobre isso". Naum... Você sabe, você me disse isso cerca de três vidas atrás e isso está ficando velho agora. Ou você simplesmente entra em um estado de confusão, aquele olhar vidrado em seu olho, e então eu vou embora também. 

Mas eu pergunto agora, de um ser de alma para ser alma, de criador para criador, você tem abundância – você acabou de fingir que não tem; você tem uma abundância de tudo – o que você vai fazer com ela agora? Você está disposto a redirecioná-la, re-canalizá-la, a trazer um tipo diferente de energia? 

Antes de tomar qualquer decisão sobre isso, e eu estou me divertindo assistindo todas as energias correndo e fluindo em torno neste momento. Você está um pouco irritado, porque há um monte de coisas acontecendo em um monte de níveis diferentes. "Oh meu Deus, eu estou sendo colocado em cena". Eh, você me pediu isso. 

Uma Estória 

Deixe-me lhe contar uma pequena estória do meu próximo livro, "Memórias de um Mestre". O livro que ainda não foi escrito, nem mesmo publicado, nem sequer pensei nisso muito, mas ele já está aqui. Você vê, já está feito, e agora eu estou apenas deixando-o criar a si mesmo. Então, vamos ter a ... 

SART: Será que vamos ganhar uma comissão sobre isso? 

ADAMUS: Sem comissões! (Adamus ri) 

SART: Tem certeza ?! 

ADAMUS: Eu estou cobrando de você o dobro para o livro. (mais risadas) 

Vamos baixar as luzes um pouco, enquanto eu conto essa história comovente do Mestre e aluno.
Nós não precisamos de música, mas só um pouco de iluminação bem suave. 

Esta, na verdade, é baseado em uma história real, um pouco. 

O Mestre estava sentado ao lado de um belo lago em um dia quente e ensolarado, pescando. Ele amava pescar porque isto lhe dava a chance de estar na natureza e praticar suas habilidades naturais de abundância. Parece que no momento em que ele jogava a linha na água, um peixe mordia, mesmo que não houvesse qualquer isca no anzol. E ele simplesmente puxava o peixe, admirava sua beleza e, claro, jogava-o de volta para o lago. Era quase sem esforço, mas para o Mestre esta foi uma ótima maneira de experienciar o que chega até você. 

O peixe vinha a ele. Eles eram tão atraídos que nem sequer precisava colocar uma minhoca no anzol. Enquanto ele estava desfrutando da paz e tranquilidade deste belo dia na natureza, de repente, ele ouviu o ruído nos arbustos atrás de si, virou-se para ver um de seus alunos, Richard, aproximando-se dele em desespero. 

O mestre respirou fundo. "Aqui vamos nós de novo", ele pensou consigo mesmo, "É Richard." 

Richard aproximou-se do Mestre e disse: "Mestre! Mestre! Eu estou em um estado de ser terrível. Apesar de todas as aulas que tomei, apesar de todo o ensino e estudo, eu me encontro em condições piores do que nunca. Eu estou quebrado. Eu não posso pagar minhas contas. Meu carro está na oficina e não tenho dinheiro suficiente para tirá-lo. Estou atrasado no pagamento de minha casa, e há uma boa chance de que eu vou perdê-la. Eu mal tenho dinheiro suficiente para comer. Mestre! Mestre! O que posso fazer? Por favor, eu estou desesperado por sua ajuda. Diga-me uma coisa, Mestre. Compartilhe algo comigo, Mestre. Mas eu estou no limite. Eu acho, Mestre, que eu vou cruzar a linha. Eu não quero mais viver".

O mestre respirou fundo e riu consigo mesmo – não em voz alta, é claro, mas riu para si mesmo – porque ele tinha ouvido isso muitas vezes de Richard e outros como Richard. O momento de desespero, mas potencialmente um momento importante, porque, bem, momentos como esses foram os momentos em que os seres humanos parecem fazer as maiores mudanças, ou não. 

Então o Mestre disse: "Querido Richard, quanto dinheiro você precisa para resolver seus problemas? Quanto dinheiro é que você precisa?"

E Richard respirou fundo e disse: "Mestre! Mestre! Eu só preciso de cinco mil dólares".

E o Mestre, sem demonstrar qualquer expressão em seu rosto riu para si mesmo e disse: "Estúpido Richard, ele deveria ter pedido por cinquenta mil." Mas ele esta tão desesperado, tão limitado em seus pensamentos, e até mesmo em sua imaginação que ele pediu apenas cinco mil dólares. 

O Mestre fez uma pausa por um longo tempo, intencionalmente, é claro, jogando fora todo o drama que ele estava tendo com Richard e, na verdade, em vez disso gostando, porque o Mestre viu-se em Richard cerca de cinco vidas atrás. Desesperado, ainda alimentando-se de outras pessoas, ainda, a despeito de todas as classes e as escolas e tudo mais, ainda insistindo que as coisas estavam fora dele, em vez de dentro dele. 

Finalmente, o Mestre disse: "Richard, vou lhe emprestar o dinheiro. Vou dar-lhe o dinheiro, cinco mil dólares"

E o Mestre colocou a mão no bolso e mesmo que não tivesse colocado nenhum dinheiro no bolso mais cedo naquele dia, quando ele colocou a mão, de repente ele encontrou cinco mil dólares, exatamente o que era necessário. É dessa maneira que é com Mestres. 

Agora, se ele realmente colocou dinheiro no bolso, naquela manhã intuitivamente sabendo que Richard viria ou não, ele tinha esquecido, porque isso não importava. O dinheiro estava lá. O Mestre nem sabia onde ele conseguiu o dinheiro. Ele estava lá, e ele não questionou isso. 

Então ele entregou o dinheiro para Richard, cem dólares de cada vez, contando. Os olhos de Richard estavam abertos. Ele não podia acreditar que o Mestre estava na verdade, lhe dando o dinheiro. Ele não podia acreditar que agora ele poderia ir e resolver os seus problemas, pagar as contas, pegar o carro consertado. 

Claro, ele prometeu um monte de coisas para o Mestre neste momento de desespero.
"Eu vou pagá-lo de volta, Mestre, com juros".

O Mestre riu para si mesmo: "Aqui vai Richard mentindo de novo".

Ele disse: "Oh Mestre, eu nunca vou esquecer o que você fez para mim". 

E o Mestre riu de novo, e ele disse: "Sim, sim, e um dia desses você vai querer esquecer de mim ou me trair, mas não importa". 

O Mestre terminou de entregar o dinheiro a Richard e Richard correu, com quase um agradecimento verdadeiro, um genuíno obrigado, mas fugiu. O Mestre voltou para a pesca, puxando um peixe atrás do outro. "Assim é fácil", pensou o Mestre, "Essa coisa toda de pesca. É como a vida. Ele vem até você. Você pega o que você precisa. Você colocou o resto de volta, mas você nunca se limita".

Seis meses depois, o Mestre estava sentado em um café ao ar livre, mais uma vez aproveitando o clima bonito e tomando um macchiato de caramelo triplo (risos), com três croissants de chocolate, porque, veja você, um mestre não faz dieta. Um Mestre não se preocupa com todas essas coisas. Isso é para os seres humanos limitados que pensam que as coisas são ruins para eles.

O Mestre poderia comer qualquer coisa. Se fosse peixe ou se fosse um macchiato de caramelo, isso não importa. E o Mestre podia beber cinco deles e isso não importa, porque seu corpo foi sempre respondendo a ele. Não importava que havia uma grande quantidade de calorias ou o excesso de cafeína ou o que o cientista disse sobre o café ou qualquer outra coisa. O Mestre estava no comando de seu corpo e sua energia, então ele respondeu apropriadamente a ele. 

Enquanto saboreava a sua maravilhosa bebida neste belo dia ensolarado, ocorreu dele olhar para acima e perceber Richard passando. Richard parecia bem bagunçado. Suas roupas estavam esfarrapadas. Seu cabelo estava desgrenhado. Ele tinha uma longa barba suja desta vez, desgastadas sandálias e pés sujos. O mestre pensou consigo mesmo: "Isto não é o que um mestre deveria aparentar", e, claro, Richard não era um mestre.

O mestre chamou e disse: "Richard! Richard! Venha cá por um momento. Tome uma xícara de café".

Richard disse, "Mas eu, eu, eu, eu não tenho dinheiro. Eu não posso pagar um copo."

O Mestre disse: "Bem, isso é muito ruim. Eu acho que você pode ver eu desfrutar o meu."

Agora, o Mestre certa vez lhe dera cinco mil dólares; alguém poderia pensar que o Mestre poderia facilmente comprar-lhe uma xícara de café, mesmo café puro. Mas o Mestre estava cansado de jogar o jogo agora. 

O Mestre disse: "Richard, o que aconteceu? O que aconteceu com o dinheiro? O que aconteceu com sua vida?"

"Oh, Mestre, Mestre! Foi terrível. Peguei o dinheiro e tirei o meu carro para fora da loja, mas uma semana depois eu estive em um terrível acidente, amassaram todo meu carro. Ele foi destruído".

E ele disse: "Alem disso", disse ele, "eu estava na loja uma noite e os ladrões entraram, assaltantes, e tomaram a maior parte do resto do dinheiro. E o pouco que eu tinha deixado eu tive que dar a um amigo que estava muito desesperado, então eu não tenho nada". E ele disse: "De fato, Mestre, eu estou mais endividado do que nunca".

E Richard disse: "Mestre, seria possível – por favor, eu nunca, nunca pedirei a você de novo, eu prometo – peço por mais cinco mil dólares hoje. Eu vou com prazer retribuir na terça-feira." Oh, isso é bobagem. "Eu vou com prazer retribuir em seis meses o restante de todo o dinheiro, todo o dinheiro com juros, é claro, Mestre". 

O Mestre respirou fundo e disse:

"Não. Não Richard. Eu queria provar um ponto para você, e eu fiz. E o ponto é que você está em um padrão e você não está disposto a sair dele. E esse padrão é "apenas o suficiente". Você está naquela consciência de "apenas o suficiente", e não importa se eu tenha lhe dado dez mil dólares ou cinquenta mil dólares, eu poderia ter previsto que estaríamos nos encontrando assim, e que você estaria mais uma vez quebrado, mais uma vez desesperado, mais uma vez tentando se alimentar de mim, mais uma vez mentindo para si mesmo. Uma vez foi o suficiente, Richard. Não mais. E, como uma questão de fato, Richard, você não só me deve os cinco mil dólares de antes, acrescido de juros, mas você me deve por todas os cursos aos quais você tem vindo. E eu não quero vê-lo novamente até que você reembolsar integralmente cada centavo".

Fim da história.

Isso foi engraçado. (Adamus ri)
Memórias do Mestre - sempre um final engraçado. (risadas) 

Você está pronto? 

Mas é a vida. É a vida como a que muitos de vocês têm experimentado, talvez ainda experimentando. Você está em um padrão e, na verdade, eu tenho este provérbio e literalmente está na parede de uma das Escolas de Mistérios – "Dê a uma vítima um milhão de dólares, dois anos mais tarde ele vai estar em uma dívida de dois milhões de dólares" – porque é um padrão. Ele está se alimentando. É falta de responsabilidade. É uma grande quantidade de não abundância. Ele vai ficar na mesma energia.

Sempre, sempre inventando desculpas.
Nunca dando uma olhada para si mesmo no espelho.
Nunca dizendo: "Eu estou farto deste velho modo." 

Muitos de vocês querem ganhar na loteria. Graças a Deus que você não ganhou, porque você estaria duas vezes pior de um ano para cá. Você estaria vindo a mim mais miserável do que nunca desejando que você nunca tivesse ganhado esse dinheiro, porque você está em um padrão – um padrão de falta, um padrão de alimentação, um padrão de não se permitir ter o que merece. 

A abundância é um direito dado por Deus. A partir do momento que o Espírito lhe deu identidade, o seu Eu, você também teve toda a abundância e toda a energia que sempre precisava. Mas tantos ficaram presos na energia de vítima, pegos no jogo, presos no “porque” eles não podem fazer as coisas, nas limitações. Assim, muitos são como Richard. Mesmo se você tivesse um milhão de dólares, você iria usá-lo para destruir a si mesmo. 

Então, o que você faz é ficar em uma consciência de apenas o suficiente. Você destrói a si mesmo um pouco de cada vez, em vez de uma vez só. Você destrói suas habilidades naturais de criador com desculpas, com atrasos e procrastinações. Você destrói a alegria da vida que é o seu direito dado por deus ao reter e limitar e depois dar desculpas por isso, culpando os outros, falando sobre conspirações, falando sobre “o homem”.

Não há homem, além de você – ou mulher – que está segurando. Nada. Eu não ligo para o país em que você vive. Eu não ligo para quais foram as suas oportunidades. Eu não me importo se você vem de uma família rica ou pobre família, se você é inteligente ou estúpida. Nada disso importa. Elas são todas as desculpas. 

Há apenas uma coisa que conta – se você está pronto para canalizar a abundância para a sua vida de uma forma alegre, de uma maneira satisfatória, de uma talentosa maneira abastada; ou você vai continuar andando por esse caminho de apenas o suficiente com um monte de desculpas. 

Este não é um exercício mental. Isto não vem daqui de cima (cabeça). Você já tentou isso antes. Você já tentou batalhando e lutando. Você tentou se hipnotizar ou usou cânticos ou todos os tipos de truques estúpidos para trazer abundância em sua vida, e eles não funcionam, especialmente quando você está em padrões, quando você for como Richard, quando você receber algo e, em seguida, literalmente direcionar a energia de volta para seus velhos padrões. 

Na verdade, é um pouco de uma maldição de certo modo quando você recebe alguma coisa. O que você faz? Você a usa como energia para continuar destruindo a alegria da vida. Você ganha um pouco de dinheiro e o que você faz? Ele escorre direto para fora de suas mãos ou você o gasta realmente abusando de si mesmo. Ou você o dá a outras pessoas pensando que você não é digno.

Você o deixa escorregar para fora de sua vida de volta para o padrão. Graças a Deus que você não ganhou na loteria. Nós teríamos uma total energia desagradável, feia, totalmente diferente sentando aqui. Agradeça a si mesmo, pelo menos, por não receber a riqueza antes de você realmente estar pronto para isso. 

E eu volto à pergunta, você está realmente pronto?

Vai mudar a sua vida.
Vai mudar seus relacionamentos.
Vai mudar a sua percepção, tudo. 

Você está realmente pronto para a verdadeira abundância?

Porque se você estiver, ela vai estar aí, assim como o peixe chegando até o Mestre. É muito fácil. Não há truques. Não há segredos nisto. Não há girar de varinhas. Não existem fórmulas mágicas em abundância. É perceber que a energia está em toda parte. Não há limite para isso. É perceber que você já é abundante, mas de formas estranhas e às vezes perversas, até mesmo uma abundância de apenas o suficiente. 

E agora a pergunta volta a você pela terceira vez.

Você está realmente pronto para a abundância?

Você diz que você está. Você sonha com o dinheiro, mas você vai ser como Richard? Você vai ser aquele que ganhou um milhão... e dois anos depois está com a dívida de dois milhões? Você está pronto para a alegria da vida? 

Esta parece ser uma pergunta óbvia, mas depois de tantas vidas de padrões, depois de tanto abusar de si mesmo, depois de tanta limitação, eu quero saber. 

Eu disse quando começamos apenas uma pequena porcentagem de vocês que está assistindo ou ouvindo realmente vão se abrir e presentear a si mesmos. O resto de vocês ainda esta lutando com seus problemas, se perguntando se é digno, pensando que, "Não, não, não, não. Adamus, você deve ter errado o alvo aqui, porque você deveria nos dar uma fórmula. Você deveria nos dar algo mágico."

Eu vou dizer a vocês uma coisa para validar o meu ponto, que uma pequena porcentagem de vocês realmente vai se elevar para a abundância, a riqueza. 

As Cavernas de Cristal 

Falei sobre as cavernas de cristal no ano passado (*).

(*) As cavernas de cristal foram mencionadas no Shoud de março de 2013 e na Jornada do Grand Canyon

Há 21 cavernas de cristal do planeta repletas de cristais e suas energias. Elas são reais. São literais. Elas estão sob a terra. Não é para você ir lá e tirar os cristais e as colocar em seu bolso, mas é para você ir lá e sentir dentro dessa energia de abundância maciça, abundância ilimitada, canalizada para onde você quer que ele vá em sua vida. 

Alguns de vocês visitaram. Foi muito estranho. Eu pensei que haveria milhares ou mais chegando a essas cavernas de cristal. A maioria de vocês só pensava nisso. A maioria de vocês nunca levou cinco minutos para sentar, para me chamar, para dizer: "Vamos. Estou pronto Adamus, para visitar as cavernas de cristal", para sentir essa energia da abundância, sentir exatamente a grandiosidade da energia, os gostos os quais você nunca sentiu na sua vida neste planeta.

Levei apenas alguns e, desses poucos que realmente foram comigo, que realmente foram para as cavernas e sentiram essa energia, apenas alguns poucos desses estavam realmente prontos para trazê-la para as suas vidas. 

O resto de vocês pensou nisso. O resto de vocês pensou: "Ah, cavernas de cristal. Ok, onde está o meu cheque pelo correio?" Isso não é um compromisso. Isso não é uma mudança dos seus antigos padrões. Isso é a mesma coisa. E eu não iria arrastá-lo até lá sem que você fizesse a escolha que você estava pronto.

As cavernas de cristal ainda estão lá. Não é apenas uma metáfora. Eles são muito reais. As energias são muito reais. Elas vão ajudá-lo em qualquer coisa que você escolher. Mas a questão é, mais uma vez, você está pronto? 

Eu não vou tolerar – Eu não vou tolerar nas minhas aulas – aqueles que ainda estão na consciência de "apenas o suficiente". Em outras palavras, "Eu só quero o suficiente para pagar minhas contas e sobreviver". Isso não funciona mais para um mestre. Eu não vou tolerar isso. 

Eu não quero alguém pedindo para ir para as cavernas de cristal para que eles possam ter somente mais de "apenas o suficiente". É tudo ou nada. Não há meio caminho na riqueza. Você entende? Não há um pouco de riqueza. É tudo ou nada. 

Há abundância, há energia ou há a continuação de viver na consciência de "apenas o suficiente". 

Onde nós estamos indo como Mestres na Nova Energia, como exemplos para os outros, como os que criam em facilidade e graça, não há espaço para apenas o suficiente ou um pouco mais. Você é apenas Richard nesse ponto. Você só vai usá-lo. Você só vai trazer mais energia para a própria miséria de sua vida que você teve até agora. Ganhando mais energia – sem uma mudança de consciência, ganhando mais energia – você só vai ter mais desespero, mais doenças, mais problemas, mais dramas, mais engarrafamentos, mais lixo. 

Assim, chegamos ao momento da verdade aqui na Clínica da Abundância.
Se você não está disposto a seguir em frente, por favor, saia.
Desligue a sua Internet, saia pela porta aqui ou vamos continuar com isso. 

Merabh da Abundância

Vamos tomar uma boa respiração profunda à medida que avançamos em nossa merabh (*), com um pouco de música ao fundo. 

(*) Nota: Merabh - Um movimento de energia não linear e não mental que combina palavras, música e, talvez, o movimento físico para criar uma mudança de consciência quântica.

Uma merabh é um momento de mudar a consciência, mudar a consciência, neste caso, de limitação, sair da falta para uma grande abundância, canalizada para a saúde do seu corpo, canalizada para a sabedoria, canalizada dentro do conhecimento, canalizado para mais dinheiro, é claro, uma boa casa, um bom carro, muitos carros, sem culpa, sem vergonha. 

Está na hora. Você merece. É a hora, para todos vocês.

Agora, eu os aviso mais uma vez, do coração do meu ser, eu advirto vocês. Não vá mais longe com isso agora, a menos que você esteja totalmente comprometido. Caso contrário, ele vai despedaçar você. Ter mais energia entrando em sua vida dirigida à mesma velha porcaria, a mesma velha consciência, vai despedaçá-lo. Vai doer. Você vai fazer Richard parecer um anjo. 

Isto é somente se você estiver pronto. 

Nota Stela - se achar que não está pronto.... se sentir insegurança, nao prossiga com a leitura.

Dê uma boa respiração profunda. 

Neste merabh de abundância você permite, sem forçar. Você permite uma mudança na consciência para a abundância – abundância que lhe serve bem, energia que lhe serve bem. Já não está mais em falta, não mais com as suas desculpas, não mais com quaisquer limitações. 

Neste merabh de consciência, a mudança vem e leva embora todos os velhos votos que você tinha sobre a pobreza. 

Ele lava quaisquer crenças antigas que você teve sobre o dinheiro ou de ter mais do que outras pessoas. 

Ele lava quaisquer crenças antigas sobre a necessidade de sofrer ou a trabalhar duro. 

Neste merabh a consciência altera e muda as velhas percepções sobre como o dinheiro é adquirido. 
Ela muda os pensamentos que você tinha que ser inteligente ou entender de finanças. Isso não é verdade. 

Este merabh lava eras e vidas de velhas crenças, velhas camadas hipnóticas. 

Ele lava as coisas que você tinha limitado de aproveitar a vida.
Essas coisas não eram realmente suas. Estas coisas não pertencem a você. 

Agora, neste merabh sem nenhuma força, sem qualquer pensamento, você permite que essas coisas sejam limpas, purificadas do seu ser, lançadas de volta aos estados puros de energia, para que possam servi-lo em riqueza, em bem-estar. 

Neste merabh, não há pensamento em termos de tentar pensar em abundância. Você acabou de receber. Não é de Deus. Não é de mim. É inerente à sua alma. É seu. Sempre foi. 

Veja você, a abundância vem da paixão da alma. 

Sua alma, sua consciência – não os seus pensamentos ou a sua mente, mas a sua alma, a sua consciência – tem tanta paixão de existir. 

Pode-se dizer que a verdadeira abundância começa com a realização do "Eu Existo". 

Limpa todos os pensamentos, toda a comoção na mente, e você volta para a paixão muito simples, simples – "Eu Existo" 

Essa é a paixão original. A paixão quando você deixou o Lar e percebeu que você existe.
O milagre, a primeira consciência – "Eu Existo! Eu Sou. Eu Sou o que Sou ". 

"Eu Existo!" Este não é um pensamento. Esta é uma grande profunda paixão.
Esta é uma consciência, uma realização – "Eu Existo! Louvado seja, Eu Existo".
Nada mais importa. 

"Eu existo não por causa de qualquer coisa ou qualquer outra pessoa. Eu existo como um ser soberano. Não estou em dívida com ninguém, com coisa nenhuma. Eu existo".

É a música da alma, uma música que a alma cantou por eras, esperando por você, o humano, para ouvi-la. "Eu Existo. Eu existo".

Esta é a paixão, meus amigos. Não é um pensamento, uma crença, um mantra. É uma paixão profunda. É o Kaikho, a paixão, a chama interior – "Eu Existo" 

É o despertar e o redespertar – "Eu Existo". 

(pausa) 

Neste momento de realização no sentimento da alma, "Eu Existo", isso inflama, traz todas as energias, as energias, as energias que poderiam ter estado adormecidas por um longo tempo; energias que são interdimensionais e não apenas baseadas aqui na Terra; energias que são cósmicas, sagradas, puras. E elas são suas. 

Elas acordam, elas se ativam com a paixão do "Eu Existo. Eu estou vivo. Eu Existo".

As energias acordam e elas dizem: "Está na hora. Vamos nos alinhar para esta alma, para este humano. Vamos nos alinhar e ir trabalhar. Querido humano, alma querida, aqui estamos nós. O que você quer que a gente faça? Como podemos servi-lo? Nós somos as suas energias. Estamos aqui. Como podemos servi-lo agora?"

(pausa) 

Você toma uma respiração profunda e você comanda as energias. Sim, comanda. Você comanda as energias – "Sirva-me abundantemente. Sirva-me na graça. Sirva-me na facilidade e na alegria. Sirva-me energias, eu te ordeno agora".

E depois que você sai do seu caminho. Você deixa isso acontecer. Assim como o Mestre deixa os peixes virem à sua linha, você deixa que essas energias venham até você sem pensar, sem manipulação, sem “se”, “e” ou “mas”, sem querer saber quando ou por que ou como, ou se.

Você apenas as deixa. Você assume. Você sabe. Você sente. 

Esqueça a sua conta bancária, seu aluguel.
Esqueça suas contas. Esqueça todas essas coisas.

Pare de se preocupar com elas.
Você comandou as energias, e elas o servem.

Eu não me importo se você é o humano mais desprezível na Terra, eu não me importo sobre o seu passado, não me importa o que você fez, porque se você for tão ousado para estar neste momento e sentir a paixão do que eu existo, se você é tão ousado a ponto de brilhar a sua luz mais uma vez, o seu passado não faz diferença alguma.

Você sai do seu caminho e você deixa essas energias servi-lo na alegria, na vontade, na graça. 

(pausa) 

Você a deixa fluir em sua vida – uma vida cheia de tanta facilidade como o Mestre.

Uma vida que não é construída em torno do pensar, planejar, esforço, mas uma vida que tem canalizado nas mais elevadas das energias, a mais clara das energias, as mais ricas e as mais abastadas das energias. 

"Eu existo – portanto, a energia me serve. Eu existo – portanto, eu sou digno. Eu existo – portanto, não há nenhum esforço. Eu existo para além de que a vida do apenas o suficiente. Eu Sou o que Sou".

E então você cala. Você sai do seu caminho. Você não pensa mais nisso. Você anda feliz por esse caminho da vida cheirando o ar, sentindo-se na natureza e se perguntando sobre o que você quer criar em seguida, sabendo que isso vai acontecer no momento em que você decidir criá-la.

Bem, na verdade você já a criou há muito tempo, e agora ela só vem em sua vida. 

Dê a um Mestre um milhão de dólares e ele vai transformá-lo em um bilhão e, em seguida, outro bilhão e outro bilhão. 

Tudo isso é natural, meus queridos amigos.
Este é o caminho natural das coisas.

Limitação, falta, estes não são naturais.

Vamos voltar a um estado natural, a forma como as coisas foram sempre quiseram ser. 
Vamos sair da ilusão. Vamos sair da limitação. Volte para uma vida de riqueza e alegria. 

Dê uma boa respiração profunda. 

Linda vai fazer um pouco de respiração com vocês, a respiração suave por alguns minutos.
E eu, Adamus, eu vou voltar a pescar. 

Com isso, Eu Sou o Que Sou, o Mestre. 


LINDA: Então, por favor, como Adamus pediu, vamos apenas ficar por mais alguns momentos. 

Fique com o fluxo da respiração. Fique com o fluxo de energia. 

Basta se manter respirando para você, profundamente, e de uma forma que apoia você, sua respiração, sua vida. Cada um de nós respirando bem claro. 

Respire e integre.
Integre esses sentimentos dentro de você.
Respire e integre a sua própria sabedoria. 

Fique com o fluxo, a inspiração, a expiração.
Vida respirando vida. 

Respire a mestria que cada um de nós possui. 
Respire, sentindo como você quer chegar lá.
É a nossa escolha. É a nossa escolha.

Respire.

Respire, ficando com o sentimento, respirando o permitir, respirando a energia da abundância. 

Respire essa experiência que cada um de nós criou aqui, nesta Clinica da Abundância com Adamus. 

Se você escolher ficar, se cada um de nós que escolheu para ficar, cabe a nós agora ficar com ela, respirar com ela, fluir com ela, viver com ela. 


Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/08/adamus-clinica-da-abundancia.html
Tradução: Silvia Tognato Magini
© 2014 Geoffrey Hoppe 
Golden, Colorado. Todos os direitos reservados. 
Este texto pode ser distribuído gratuitamente em sua totalidade, e deve incluir todos os créditos, direitos de autor, agradecimentos e gráficos. Este documento e seu conteúdo não pode ser vendido ou abreviado. A tradução para outros idiomas é permitido, mas a tradução deve ser oferecido de forma gratuita e sem restrições que não seja vendida.. 
Adamus® é uma marca do Círculo Carmesim IP, Incline Village, Nevada USA - www.crimsoncircle.com
http://www.novasenergias.net/circulocarmesim
Grata Silvia!


Fonte:     http://stelalecocq.blogspot.com.br/